Header Ads

PIRPIRITUBA! Pedro de Carma chama Batatinha de irresponsável e dispara: “Ele não tem moral para me descartar da situação”

Comentários nas rodas políticas de Pirpirituba dão conta que na próxima sessão, o vereador Pedro de Carma anunciará sua saída do bloco do prefeito Didiu

Pedro De Carma, vereador do PSDB de Pirpirituba (Foto: Fato a Fato)
Na sessão da última quinta-feira (4), o vereador Pedro Salustiano da Silva (Pedro do Carmo) classificou o presidente da Câmara Municipal de Pirpirituba, Givanilson Lira (Batatinha – PSD), de irresponsável. Em novo “round”, desta feita através de uma emissora de rádio de Guarabira, o parlamentar tucano disse que Batatinha não tem moral para descartá-lo do grupo de situação. 

A briga entre os dois vereadores se dá por que Pedro Salustiano, ao defender os interesses dos servidores do município, tem sido preterido por Givanilson Freitas, sobretudo na discussão de projetos, a exemplo do que limitava o pagamento de precatórios aos funcionários da Prefeitura de Pirpirituba.

Pedro pediu que o citado projeto fosse discutido com mais tempo e tivesse a presença do advogado Antonio Teotônio (integrante da Procuradoria Jurídica do município), mas, segundo Salustiano, o presidente da Casa descartou a ida do bacharel à Câmara de Vereadores, fazendo com que a matéria fosse aprovada, prejudicando os funcionários, sobretudo aqueles que têm precatórios para receber.

Mesmo ainda pertencendo (semana passada) a base aliada do prefeito Denilson Freitas (Didiu – PSDB), Pedro votou contra o projeto, acompanhado os três vereadores de oposição. A matéria só foi aprovada com o voto de minerva do presidente.

Quando subiu a tribuna, Salustiano, além de criticar o presidente da Câmara com outros adjetivos, também o chamou de irresponsável, sobretudo por que Batatinha não permitiu a presença do advogado para esclarecer o projeto e deu andamento a votação da matéria.

Ao participar de programa radiofônico (Constelação FM), apresentado por Cid Cordeiro e Zé Roberto, na manhã desta segunda-feira (8), o vereador Pedro de Carma disse que Givanilson Lira não tem moral alguma para descartá-lo do bloco de situação. 

- Quem pode dizer se sou situação ou não é o prefeito e o próprio Rinaldo Guedes, as maiores lideranças do PSDB de Pirpirituba. Quanto ao presidente da Câmara, ele não tem moral para isso – declarou Pedro de Carma.

Na sessão da semana passada, o vereador Batatinha disse que não considerava Salustiano um integrante da bancada do prefeito na Câmara Municipal. Já Pedro de Carma, ao ser perguntado pela editoria de Fato a Fato como avaliava as declarações de Givanilson Freitas, declarou: “Não devo ao presidente, nem ao prefeito por minha eleição. Fui eleito pelo povo. Não pertenço à oposição e pouco menos a situação”.

Da Redação/Fato a Fato

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.