Header Ads

PMDB da PB deve se posicionar sobre Temer; Raniery vai pedir nova reunião do partido

Deputado disse que o PMDB precisa analisar a situação do presidente e tomar uma decisão

Raniery quer nova reunião do PMDB (Foto: Da Net)
Parece que a manutenção do apoio do PMDB ao Governo Temer não é consenso entre os filiados da Paraíba. Alguns membros da sigla já cobram, publicamente, uma nova rodada de reuniões de toda a executiva estadual para se posicionar sobre a manutenção ou não do apoio ao Governo Federal e também para começar a traçar as metas para 2018.

O deputado Raniery Paulino, por exemplo, disse que diante dessa atual conjuntura em que se encontra o presidente Temer, após as delações da JBS, irá solicitar, pessoalmente ao senador Maranhão um novo encontro com toda a bancada a fim de afinar o discurso.

“Eu acho que é muito interessante que nós tenhamos uma reunião aqui na Paraíba para fazermos uma análise da conjuntura nacional. Eu vou conversar com o presidente José Maranhão a cerca disso para que nós até nos atualizemos do que está acontecendo e se posicione também. É importante que isso aconteça, o que eu tenho defendido é que o desfecho seja em favor do Brasil”.

Ele acredita que os fatos envolvendo peemedebistas nos escândalos da delações podem atrapalhar os candidatos do PMDB, não só na Paraíba mas também nos outros estados brasileiros.

Ainda na semana passada, durante entrevista a uma emissora de rádio, o parlamentar disse que, apesar dos escândalos, não irá deixar o PMDB, mesmo existindo “bandidos” como Eduardo Cunha na sigla. “Eu falo por mim. Não vou deixar de ser religioso porque há um padre que desvia sua conduta e também não vou deixar de ser flamenguista por conta do goleiro Bruno. Cunha é um bandido, nunca me enganou, mas não vou deixar o PMDB por causa disso”, arremantou.

Do PB Agora

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.