Header Ads

Gabriel Diniz opina sobre São João e diz que festa deve tocar o que o povo quer

No palco, o paraibano Gabriel Diniz apresentou as canções de trabalho como Paraquedas, gravada com a dupla Jorge e Matheus

Cantor Gabriel Diniz (Imagem: DP)
A abertura da programação do São João de Petrolina lotou a estrutura montada no Pátio Ana das Carrancas, na noite desta sexta-feira (16), na cidade localizada no Vale do São Francisco, em Pernambuco. O cantor Gabriel Diniz foi um dos destaques da grade junina e empolgou a plateia com show eclético, com espaço para clássicos do forró tradicional. Nos bastidores, GD se pronunciou sobre a polêmica levantada por artistas do forró tradicional, que reivindicam terem perdido espaço para os cantores do sertanejo nas programações públicas de algumas cidades do Nordeste. O assunto já foi comentado por Elba Ramalho, Marília Mendonça, Alcymar Monteiro, Maciel Melo e entre outros artistas.

"Tem espaço para todo mundo. O Brasil inteiro está consumindo a música feita por artistas nordestinos. Muitos têm tocado na Festa do Peão, em Barretos, e outros festivais. Eu, o Safadão, o Xand, As Coleguinhas", enumera o cantor. "O São João é uma festa do povo e tem que tocar o que o povo quer escutar. Independente do que você toca, se você está no mercado, é porque tem alguém que lhe escuta e vai ao seu show", afirma. 

No palco, o paraibano Gabriel Diniz apresentou as canções de trabalho como Paraquedas, gravada com a dupla Jorge e Matheus, É hora de dar tchau, Sabadão e Era pra ter terminado faz tempo. O cantor incluiu no repertório faixas como K.O, da drag Queen Pabllo Vittar e sucessos do brega-funk recifense como Vai descendo e Balança, balança, de MC Troinha. Durante a apresentação, Gabriel homenageou a cantora Eliza Clívia, integrante das bandas Cavaleiros do Forró e Cavalo de Aço, que faleceu na noite de sexta-feira, vítima de um acidente de trânsito na cidade de Aracaju, em Sergipe. 

A banda Aviões ficou responsável por encerrar o primeiro dia de evento. O cantor Xand Avião subiu ao palco por volta das 2h30. O artista viaja o Brasil com novo show, após a saída de Solange Almeida da banda. No palco, Xand é acompanhado por três backing vocals que apostam em coreografias durante as canções. O repertório novo é composto por canções como Uber, Laranjinha, Inquilina e Mexe, mexe. Xand ainda inclui sucessos de outros artistas como Vidinha de balada (Henrique e Juliano), Vai dar PT (Leo Santana), Solteiro não leva chifre e Vai descendo (MC Troinha). 

O prefeito Miguel Coelho discursou para marcar o início dos festejos juninos da cidade. "O melhor São João do Brasil começa hoje e só termina dia 24. Batemos um recorde de arrecadação com o São João Solidário. Vamos doar mais de uma tonelada de alimentos para quem está precisando”, comemorou o gestor. O projeto foi lançado pela prefeitura com o objetivo de beneficiar vítimas das chuvas que atingiram o estado recentemente. 

A festa prossegue neste sábado (17) com shows de Forró Pegado, Márcia Felipe, Iohannes, Tayrone, Jonathan Araújo. Já no domingo (18), sobem ao palco Matheus e Kauan, Magníficos, Jonas Esticado, Solange, Elisson Castro e Forró Pega Leve. As apresentações tem início sempre às 19h. O local conta com o Itaipava PNZ Lounge, espaço vip com capacidade para 3 mil pessoas e estrutura de bar, praça de alimentação, salão de beleza e spa. Os ingressos estão à venda no local. 

Do Diário de Pernambuco

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.