Header Ads

Assista ao vídeo em que ex-senador chama Lula e Dilma de "bandidos perigosíssimos"

Roberto Cavalcanti assumiu a vaga de senador em 2009 quando o titular do mandato, José Maranhão (PMDB), renunciou para substituir Cássio Cunha Lima

Cavalcanti é dono do Sistema Correio (Foto: Da Net)
Repercutiu intensamente esta semana uma participação do empresário Roberto Cavalcanti no programa Correio Debate, do grupo de comunicação do qual é proprietário, com acusações graves aos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff (PT). O ex-senador fez uma intervenção durante a entrevista que Cássio Cunha Lima (PSDB) concedia ao radiofônico na segunda-feira, 3, e ao mesmo tempo em que classificou o tucano de "brilhante", disse que Lula e Dilma eram "bandidos perigosíssimos".

Roberto Cavalcanti assumiu a vaga de senador em 2009 quando o titular do mandato, José Maranhão (PMDB), renunciou para substituir Cássio Cunha Lima (PSDB) - o mesmo da entrevista - cassado por conduta vedada. No ano seguinte, em pronunciamento na tribuna do Senado, o parlamentar disse que os dois mandatos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva trouxeram grandes avanços para o Brasil, principalmente nas áreas econômica e comercial e na distribuição de renda. O texto pode ser conferido no site oficial do Senado.

Clique AQUI e assista ao vídeo

Do ParlamentoPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.