Header Ads

Flamengo derrota o Vasco em São Januário e dorme na vice-liderança do Brasileiro

Depois do apito final de Anderson Daronco, torcedores vascaínos passaram a jogar muitos objetos no gramado e alguns ameaçaram invadir o campo

Everton marcou o gol do Flamengo (Foto: O Dia)
Em São Januário, o Flamengo deu continuidade a sua boa fase no Brasileiro. Em um clássico de primeiro tempo fraco e com bons momentos na etapa final, a equipe da Gávea levou a melhor sobre o Vasco e derrotou o maior rival por 1 a 0. 

O gol da partida foi marcado por Everton no segundo tempo. O resultado foi a quarta vitória seguido do Flamengo no Brasileirão e levou o Rubro-negro a vice-liderança da competição. Com a derrota, o Gigante da Colina pode deixar o G-6.

Na próxima rodada, Flamengo enfrenta o Grêmio, no Luso-Brasileiro, em duelo pelas primeiras colocações da competição. A partida será na quinta. Um dia antes, o Vasco vai até o Barradão enfrentar o Vitória.

Depois do apito final de Anderson Daronco, torcedores vascaínos passaram a jogar muitos objetos no gramado e alguns ameaçaram invadir o campo. Os jogadores do Flamengo e a arbitragem, preocupados, permaneceram no centro do campo, protegidos pelo policiamento que atuava dentro do estádio. "Isso aí é perigoso. Aí no meio tem criança. É triste demais", lamentou Éverton, em entrevista ao Premiere, ainda no gramado. A PM atirou bombas de efeito moral em direção às arquibancadas para dispersar os mais agressivos.

Durante o intervalo, os vascaínos que estavam próximos às cordas que dividiam as torcidas já haviam provocado a ação da PM, que lançou spray de pimenta para conter os mais agressivos. Além disso, um torcedor do Vasco que tentou invadir o campo, depois do gol do Flamengo, pulando a proteção acrílica que separa o gramado ficou ferido e teve que ser atendido pela maca.

O JOGO

O primeiro tempo entre Flamengo e Vasco foi de pouca inspiração. A equipe vascaína, mesmo jogando em casa, adotou uma postura pouco ofensiva. Com muitos desfalques no meio-campo, a equipe da Colina jogou mais fechada, esperando o rubro-negro que teve dificuldades na criação.

Além do empate sem gols, as duas equipes mostraram equilíbrio no número de substituições na primeira etapa. Rhodolfo sentiu dores musculares e teve que dar a vaga para Léo Duarte.  Depois, Bruno Paulista, que fazia a sua estreia, também se lesionou e deu lugar a Andrey.

O Flamengo começou o segundo tempo tentando ser mais efetivo. Com três minutos, Guerrero fez bela jogada pela esquerda, cortou a zaga vascaína e finalizou para boa defesa de Martín Silva.

Aos 14 minutos, um lance de dupla polêmica. Yago Pikachu colocou a bola no fundo das redes, mas o lance foi anulado por uma falta de Luis Fabiano em Léo Duarte. Enquanto os vascaínos reclaram do gol anulado, os rubro-negro pediram que o Fabuloso, que já tinha amarelo, fosse expulso.

A partida melhorou. O Flamengo teve uma chance clara com Diego, que finalizou para boa defesa de Martín Silva. Logo depois, aos 17 minutos, o Rubro-negro abriu o placar. Éverton Ribeiro fez bela jogada e cruzou para Everton marcar de cabeça.

Atrás do placar, o Vasco decidiu buscar mais o jogo. Aos 19 minutos, o clube da Colina teve boa chance. Após boa jogada pela direita, Luis Fabiano se virou e finalizou para boa defesa do goleiro Thiago, salvando o Flamengo.

O Flamengo passou a ter mais espaços e por pouco não ampliou. Depois de bela jogada coletiva, Éverton Ribeiro saiu na cara do gol, mas acabou finalizando em cima do goleiro Martín Silva.

A partida seguiu aberta. O Flamengo buscava decidir o clássico nos contra-ataques e o Vasco o empate em lances de bola aérea. Sem muita ordenação, o clube da Colina não conseguiu o seu objetivo e não marcou. Faltou capricho para o Rubro-negro nas chances que a equipe teve de marcar o segundo. Melhor para o time da Gávea que já tinha vantagem e saiu com os três pontos.

FICHA TÉCNICA
VASCO 0 X 1 FLAMENGO

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Anderson Daronco (RS/FIFA)
Auxiliares: Rafael da Silva Alves e Elio Nepomuceno (ambos do RS)
Cartões amarelos: Guerrero (FLA); Paulão, Luis Fabiano, Nenê e Gilberto (VAS)
Cartões vermelhos: -
Público e renda: 18.328 pagantes / 19.622 presentes / R$ 747.640,00
Gol: Everton, 17'/2°T (0-1)

VASCO: Martin Silva, Gilberto, Rafael Marques, Paulão e Henrique; Bruno Paulista (Andrey, 41'/1°T) e Wellington; Yago Pikachu (Manga Escobar, 20'/2°T), Mateus Vital (Wagner, 10'/2°T) e Nenê; Luis Fabiano. Técnico: Milton Mendes.

FLAMENGO: Thiago, Rodinei, Rafael Vaz, Rhodolfo (Léo Duarte, 18'/1°T / Rômulo, 22'/2°T) e Trauco; Márcio Aráujo, Cuéllar e Diego; Everton Ribeiro, Everton e Guerrero (Leandro Damião, 15'/2°T). Técnico: Zé Ricardo.

De O Dia

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.