Header Ads

Jáder não aceita reparcelamento do IAPM em 16 anos proposto por Zenóbio; VEJA VÍDEO

Vereador quer que gestor guarabirense diminua o prazo do reparcelamento

Vereador Jáder Filho (Foto: Assessoria)
O vereador Jáder Soares Pimentel Filho (Jáder Filho – PSB), em vídeo enviado por sua assessoria para a TVFato@Fato, disse não aceitar o reparcelamento em 200 meses (mais de 16 anos) dos débitos do IAPM (Instituto de Assistência e Previdência do Município), enviado para a aprovação do Poder Legislativo guarabirense pelo prefeito de Guarabira, Zenóbio Toscano (PSDB).

Segundo Jáder, a Prefeitura de Guarabira tem de reaver tal projeto, como fez com o do IPTU. No caso do reparcelamento do IAPM, o parlamentar socialista concorda em diminuir o tempo apresentado em projeto pel administração municipal

Quando tratou da inconstitucionalidade dos reparcelamentos do IAPM sem autorização da Câmara, mesmo assim Jáder tinha e tem ciência das brechas da lei, razão pela qual permite ao Poder Executivo parcelar gastos com os institutos de previdências apenas por atos administrativos, sobretudo com prazos de até 60 meses. 

O receio do vereador é que Zenóbio, sem autorização do Legislativo, faça outros reparcelamentos nas contas do IAPM. “Quem garante que o atual gestor não vá usar, novamente, daquilo permitido em lei, e reparcele os débitos do Instituto sem a aprovação da Câmara Municipal?

Veja vídeo


Da Redação/Fato@Fato

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.