Header Ads

Morre aos 66 anos o cantor e compositor Luiz Melodia

Ele lutava contra um câncer de medula óssea e estava internado no Hospital Quinta D'Or, no Rio

Cantor tinha câncer na medula óssea (Foto: O Dia)
Morreu na madrugada desta sexta-feira o cantor Luiz Melodia. A informação foi confirmada pelo Hospital Quinta D'Or, onde ele estava internado. Luiz Melodia tinha 66 anos e lutava contra um câncer de medula óssea. Ele chegou a passar por um transplante de medula óssea e resistiu à cirurgia, mas não estava respondendo bem à quimioterapia. 

Trajetória

Luiz Carlos dos Santos, o Luiz Melodiz, nasceu no dia 7 de janeiro de 1951, no bairro do Estácio, no Rio. Ainda menino, Luiz descobriu a música em casa vendo seu pai, o compositor Oswaldo Melodia, tocar para a família. 

Nos anos 60, o compositor se juntou com amigos e formou o grupo ‘Instantâneos’, que tocava sucessos da Jovem Guarda e da Bossa Nova. A convivência nos morros cariocas fez com que o cantor também tivesse forte ligação com o samba. Ao longo dos anos, essa mescla se mostrou o diferencial de Luiz, que em pouco tempo chamou a atenção dos poetas Wally Salomão e Torquato Neto, frequentadores assíduos do morro do Estácio. 

Através de Wally, Melodia conheceu a cantora Gal Costa e acabou se tornando um de seus compositores preferidos. Em 1972, Gal gravou a canção “Pérola Negra”, apresentando o compositor ao grande público. No ano seguinte, foi a vez de Maria Bethânia dar voz a uma composição do músico, lançando a faixa “Estácio Holly Estácio”.

Adotando o nome artístico do pai, em 1973, Luiz Melodia lança o disco “Pérola Negra”, álbum aclamado pela crítica e que, até hoje, é reconhecido como seu maior trabalho. Nos anos seguintes, Luiz se consolidou como um dos grandes artistas do Brasil, lançando diversos álbuns e realizando shows na França e Suíça. 

Seu último disco, "Zerima", foi lançado em 2014, após 13 anos sem lançamentos oficiais. 

De O Dia

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.