Header Ads

Município de Guarabira recebe nota zero em ‘Qualidade de Gestão’, segundo IGM

Pesquisa elaborada pelo Conselho Federal de Administração avalia e classifica os municípios mais bem administrados

A cidade de Guarabira, no Agreste paraibano, ficou de fora dos 95 municípios paraibanos que pontuaram no ranking do Índice de Governança Municipal (IGM), elaborado pelo Conselho Federal de Administração (CFA). O município obteve nota zero no quesito ‘Qualidade de Gestão’, revelou o vereador Renato Meireles (PSB), na tarde desta terça-feira (1º), na Câmara Municipal.

Gráfico comprova classificação da cidade de Guarabira (Imagem: Da Net)
Em seu pronunciamento, Renato questionou o prefeito Zenóbio Toscano (PSDB), presente na sessão solene de reabertura dos trabalhos legislativos, sobre o péssimo desempenho de Guarabira na pesquisa que avalia e classifica os municípios mais bem administrados.

O parlamentar ainda lamentou que Guarabira não tenha pontuado, ficando atrás de cidades de menor porte, como Belém (18ª) e Alagoa Grande (76ª).

Para obter a classificação, os profissionais levam em consideração o Índice CFA de Governança Municipal, que avalia a capacidade administrativa de cada gestão municipal a partir de três dimensões: Gastos e Finanças Públicas; Qualidade de Gestão; e Desempenho.

Com base em dados coletados pelo Conselho Federal de Administração, através do Conselho Regional de Administração, é feita uma classificação a nível estadual, das administrações de maior capacidade e eficiência do Estado.

“Guarabira pelo fato de ser a maior e mais importante cidade da região ainda está longe de ser referência no quesito transparência, fato que já ocorre com cidades como Pirpirituba e Dona Inês”, finalizou Meireles.

Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.