Header Ads

Pesquisa divulgada pelo Stiupb revela boa qualidade da água de Boqueirão

Ao final do evento, Wilton Maia disse que o Sindicato está vigilante quanto às iniciativas de Poderes que desejam municipalizar a Cagepa

Durante um encontro na manhã desta quinta-feira, 17, na sala de aula do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional da UEPB, para discutir a questão da água e saneamento, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas na Paraíba (Stiupb), Wilton Maia Velez, divulgou o resultado de uma recente pesquisa feita pela Cagepa sobre a qualidade da água do Açude Epitácio Pessoa, o Boqueirão, que abastece Campina Grande e mais 18 cidades.

Stiup e pesquisadores atestam qualidade da água de Boqueirão (Foto: Assessoria)
De acordo com a pesquisa de amostra, datado do dia 14 último, e assinado pelos químicos industriais da Companhia, Henrique Augusto de Medeiros e Francisco Elias de Oliveira, a água que está chegando às torneiras dos campinenses e demais cidades é de boa qualidade para o consumo humano, ratificando recente trabalho feito pelo Departamento de Engenharia Química da UEPB, sobre a mesma questão.

O resultado apresentou números satisfatórios para a Companhia: O Cloreto, por exemplo, está em 158,00, quando Portaria do Ministério de Saúde afirma que o máximo deve ser de 250,00.

Já o PH (Potencial de Hidrogênio, indicador que mede o nível de acidez) – foi apresentado nessa coleta em 7,20. Portaria do MS diz que deve estar entre 8,0 a 9,5. A mesma amostra não identificou as presenças de coliformes ou escherichia coli (bactéria).

SOBRE O ENCONTRO – O encontro, conforme o presidente do Stiupb, foi muito proveitoso, já que teve a importante presença do doutor Jose Esteban Castro, professor emérito da Newcastle University Reino Unido, conhecedor das ações que estão acontecendo no País e no mundo nas tratativas dos estados e municípios em quererem municipalizar os serviços de água e esgoto das companhias de água.

Na ocasião, o professor Steban mostrou sua preocupação nessa intenção da Prefeitura de Campina Grande em querer municipalizar a Cegapa, “pois isso traria enormes prejuízos para as cidades e municípios pequenos assistidos pela Companhia. Vocês vivem uma história que se repete em vários cantos do mundo, mas que não apresentaram resultados favoráveis nessa iniciativa”, destacou o especialista.

Participaram do encontro, além de diretores do Stiupb, os professores da UEPB: Ozéas Jordão, do Departamento de Geografia: Etlam Barbosa, do Departamento de Ecologia; bem como Udenilson Silva Silveira, da Cagepa de Picuí e Osvaldo Bernardo, do Movimento Atingidos por Barragens no Estado.

Ao final do evento, Wilton Maia disse que o Sindicato está vigilante quanto às iniciativas de Poderes que desejam municipalizar a Cagepa em toda a Paraíba. “Participamos de Audiência Pública na Câmara de Campina; vamos continuar percorrendo o Estado e mostrar que a água é um bem essencial à vida e não uma mercadoria”, enfatizou o dirigente do Stiupb.

Da Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.