Header Ads

Romero diz que o governador foi a Campina “insultar” as pessoas e fazer demagogia com o racionamento

Prefeito disse considerar a atitude do governador “uma afronta de alguém que parece não ter o que fazer e sair da Capital para insultar a população campinense.”

Romero Rodrigues (Foto: Da Net)
O governador (Ricardo Coutinho) certamente está sem ter o que fazer, para vir a Campina Grande atacar todo mundo, inclusive o Ministério Público Federal e da Paraíba, e até a Defensoria Pública, em sua sanha de querer mostrar serviço na cidade que sempre abandonou.” Reação do prefeito Romero Rodrigues às críticas do governador, nesse episódio do fim do racionamento d’água na cidade.

Romero disse considerar a atitude do governador “uma afronta de alguém que parece não ter o que fazer e sair da Capital para insultar a população campinense.” De quebra, acusou a falta da gestão por parte do Governo do Estado com que a como principal responsável pelo fato da vazão da Transposição estar menor do que o esperado: “Se o Governo do Estado tivesse feito sua parte, a vazão seria outra.”

E arrematou: “Na tentativa de encobrir sua própria incompetência, o governador vem a Campina fazer proselitismo político, pura demagogia, com a costumeira pirotecnia, convocando comissionados para bater palmas e balançar a cabeça, só porque o governador quer crescer politicamente com um anúncio de um fim de racionamento onde a população está sofrendo há muito tempo.”

Do Blog de Helder Moura

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.