Header Ads

Stiupb e servidores da Chesf CG unem esforços para combater privatização

Nesta semana, a delegação do Stiupb e funcionários da Chesf estiveram com o Governador Ricardo Coutinho

Dirigentes do Stiupb e servidores da Chesf-CG com Ricardo Coutinho (Foto: Da Net)
Diversos funcionários da Chesf Campina Grande e região estão unidos ao Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas na Paraíba (Stiupb), para combater mais uma intenção do Presidente Temer, de querer privatizar, entre outras instituições, a Eletrobras. 

Para tanto, o presidente do Stiupb, Wilton Maia Velez, além de funcionários da Chesf, capitaneados por Osvaldo Aristides, diretor sindical e representante dos trabalhadores da Companhia, estão se articulando, procurando deputados e outras autoridades para que se engajem nessa luta contra a privatização.

Nesta semana, a delegação do Stiupb e funcionários da Chesf estiveram com o Governador Ricardo Coutinho, durante solenidade em Campina Grande. Na ocasião, foi entregue um documento ao governador, mostrando os riscos da privatização da Eletrobras e foi reivindicado apoio nessa luta.

Na mesma solenidade, os diretores e servidores estiveram com Ana Cláudia Vital do Rêgo (Chefe da Casa Civil), esposa do deputado federal Veneziano Vital. Foi pleiteado um encontro com o parlamentar, para que o mesmo vote contra essa medida na Câmara Federal, uma vez que  Veneziano tem se apresentado ser contrário às privatizações.

Na conversa, Ana Cláudia lembrou que Veneziano, quando era vereador, foi um dos parlamentares que liderou uma grande batalha contra a venda da Celb, a atual Energisa.

Na próxima semana, a diretoria do Sindicato já tem audiência com o presidente da Assembleia Legislativa, Gervásio Maia, para pedir da mesma forma apoio nessa luta.

AUMENTO - A proposta de privatização da Eletrobras, anunciada nessa semana pelo governo federal, poderá deixar a conta de luz mais cara para os consumidores brasileiros. De acordo com estudos da consultoria Thymos Energia, a tarifa deve subir entre 2% e 5% em um primeiro momento.

Com 47 usinas hidrelétricas, 114 termelétricas, duas termonucleares, 69 usinas eólicas e uma usina solar, a Eletrobras é responsável por um terço do total da geração de energia do país. Também é a maior empresa de transmissão de energia, com quase metade das linhas de transmissão do Brasil.

Da Assessoria de Imprensa/Stiupb

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.