Header Ads

Vasco perde de 3 a 0 para o Bahia e fantasma da Segundona volta a assombrar

Time carioca faz péssima partida e não resiste ao Tricolor Baiano

O Vasco completou seu quinto jogo sem vitória ao perder para o Bahia por 3 a 0, neste domingo, na Fonte Nova, em Salvador, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. São três derrotas e dois empates que deixam o time carioca à beira de uma crise, com apenas 25 pontos e perto da zona de rebaixamento. O time baiano se reabilitou da goleada sofrida em Curitiba para o Atlético-PR, por 4 a 1, e ganhou posições importantes ao atingir os 26 pontos.

Time do Vasco perde novamente e pode se complicar no Brasileiro (Foto: O Dia)
O jogo começou em alta velocidade. No primeiro minuto, Rodrigão foi lançado e, dentro da área, preparava a finalização quando acabou travado por Breno. A resposta vascaína ocorreu no minuto seguinte. Após cruzamento para a área, Luis Fabiano furou, mas a bola ficou para o chute de Wagner, porém, para fora.

O esquema do Vasco com três zagueiros, usado pela primeira vez, parecia não funcionar direito. O estreante Anderson Martins estava ao lado de Rafael Marques e Breno, que atuava como volante quando o time tinha a posse de bola. O time ganhou força ofensiva, mas apresentou buracos na defesa.

Quem saiu na frente foi o time baiano aos 22 minutos. Régis cobrou escanteio na esquerda em curva. O zagueiro Tiago subiu entre Breno e Anderson Martins para testar firme. A bola ainda tocou na trave esquerda de Martín Silva antes de balançar as redes.

Apesar do maior volume do Bahia, o Vasco dava trabalho pelas laterais do campo. Mas sua melhor chance saiu aos 44 minutos pelo meio do ataque. Luis Fabiano recebeu a bola na frente da área e arriscou o chute. A bola desviou no zagueiro Tiago e sobrou para Wagner. O vascaíno bateu de primeira de virada e acertou a trave. 

O Vasco fazia pressão, mas nos acréscimos, o Bahia conseguiu um contra-ataque mortal. Régis e Mendonza saíram em disparada e quando o colombiano parecia ter perdido a bola, Ramon errou o recuo e deixou para Mendonza avançar, passar por Martin Silva e bater de pé direito para as redes. Festa nas arquibancadas aos 48 minutos: 2 a 0. 

Na volta dos vestiários, o Vasco voltou com duas trocas e a clara disposição para reverter o resultado. Saiu Rafael Marques para a entrada do volante Bruno Paulista e o atacante Paulinho deixou seu lugar para o experiente Nenê. Mas o Bahia tratou de atirar um balde de água fria na sonhada reação vascaína ao ampliar no primeiro minuto. 

A jogada começou em um chute do goleiro Jean e passou pela triangulação de Régis, Zé Rafael e Rodrigão, que chutou rasteiro O rebote de Martin Silva sobrou para Mendonza completar no canto direito. Foi o 34º gol sofrido pelo Vasco em 21 jogos. 

Aos quatro minutos, o Bahia poupou Régis, que vinha reclamando de dores na perna, para entrada de Vinícius. Ainda assim, o time ficou à vontade no campo. Valorizou a posse de bola e ainda criou chances para ampliar. O Vasco, sentindo a derrota, correu apenas para não levar mais gols, chegando sem força no ataque mesmo com a entrada de Manga Escobar no lugar de Mateus Vital. Desde os 30 minutos, a torcida fez a festa ao ritmo dos gritos de olé. Um prêmio à grande atuação do Bahia.

No próximo domingo, o Bahia vai enfrentar o Botafogo, de novo em casa, às 16 horas, pela 22.ª rodada. O Vasco tentará acabar com seu jejum de vitórias no clássico com o Fluminense, sábado, às 16 horas, no Maracanã. 

FICHA TÉCNICA

BAHIA 3 X 0 VASCO

BAHIA - Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Juninho Capixaba (Juninho); Edson, Renê Júnior, Régis (Vinícius) e Zé Rafael (Matheus Reis); Mendoza e Rodrigão. Técnico: Preto Casagrande.

VASCO - Martin Silva; Rafael Marques (Bruno Paulista), Breno e Anderson Martins; Gilberto, Jean, Mateus Vital (Manga Escobar), Wagner e Ramon; Paulinho (Nenê) e Luis Fabiano. Técnico: Milton Mendes.

GOLS - Tiago aos 22 e Mendoza aos 48 minutos do primeiro tempo e a um minuto do segundo.

ÁRBITRO - Raphael Klaus (SP)

CARTÕES AMARELOS - Jean, Anderson Martins, Luis Fabiano e Bruno Paulista (Vasco).

RENDA - R$ 591.084,70.

PÚBLICO - 21.681 pagantes (22.248 total).

LOCAL - Fonte Nova.

De O Dia com O Estadão

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.