Header Ads

Funaro acusa Manoel Jr. de ter recebido R$ 150 mil de esquema de propina

Ainda segundo Funaro, ele teria documentos que comprovariam o pagamento que teria sido feito a pedido do deputado cassado Eduardo Cunha

Manoel Júnior (Foto: Da Net)
Preso desde julho do ano passado na Operação Sépsis, o doleiro Lúcio Funaro, ligado ao ex-deputado Eduardo Cunha afirmou durante delação premiada que o vice-prefeito de João Pessoa, que está na interinidade do cargo, Manoel Júnior (PMDB), teria recebido R$ 150 mil em propina.

Ainda segundo Funaro, ele teria documentos que comprovariam o pagamento que teria sido feito a pedido do deputado cassado Eduardo Cunha.

Outros políticos que também foram citados pelo doleiro são: o presidente Michel Temer (1,5 milhão), Eduardo Cunha (5,6 milhões), Henrique Eduardo Alves (4,95 milhões), Sandro Mabel (2 milhões), Gabriel Chalita, Antônio Andrade (9,8 milhões), Cândido Vaccarezza (700 mil), Soraya Santos (1 milhão), Alexandre Santos (1 milhão) e Marcelo Castro do Piau (1 milhão).

Recentemente o prefeito interino afirmou que não temia nenhuma investigação que recaísse sobre o PMDB.

As informações são do site O Antagonista.

Do PB Agora

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.