Header Ads

Raniery diz que fim das coligações acaba com 'balcão de negócios'

Peemedebista já demonstrou sua insatisfação com a atual forma de alianças e defende que partidos busquem o eleitorado

Raniery Paulino (Foto: Da Net)
A aprovação do texto-base da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 282/2016, que determina o fim das coligações partidárias a partir de 2018, tem feito a alegria de alguns políticos. É o caso, por exemplo, do deputado Raniery Paulino (PMDB), que disse esperar a confirmação da matéria nas próximas votações.

“Espero que a tendência se confirme de fato porque as coligações são o que há de pior na política, pois se formam balcão de negócios e é ‘quem dá mais’, seja em recursos financeiros ou troca de apoio legislativo. É uma realidade nacional”, avaliou o peemedebista, que já demonstrou sua insatisfação com a atual forma de alianças em busca do resultado no pleito.

O texto aprovado, no entanto, pode mudar já que os deputados ainda irão analisar os chamados destaques, que são emendas com sugestões de alteração na proposta. Para Raniery, é necessário que os partidos se organizem internamente e sigam em busca do eleitorado. “Atualmente, deputados e prefeitos que ‘dão resultados’ são aqueles que prestigiam muito mais os pontos práticos e negociáveis do que uma identidade ideológica”, criticou.

O texto foi aprovado no último dia 5 por 384 votos a 16, acaba com as coligações partidárias nas eleições para deputados e vereadores e institui uma cláusula de desempenho eleitoral, também conhecida como cláusula de barreira, que tem como objetivo diminuir o número de partidos com acesso a recursos públicos.

Do Blog do Gordinho

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.