Header Ads

RC avisa que vai abrir a boca se descobrir ‘boicotagem’ no fim do racionamento de CG

Governador não quer que a população sofra, novamente, sem água nas torneiras

Ricardo Coutinho (Foto: Da Net)
O fim do racionamento foi concretizado, mas o governador Ricardo Coutinho (PSB) continua atento a possíveis ‘boicote’ de adversários para impedir que a água chegue às residências de quem mais precisa.

Em entrevista, o governador avisou que se souber de alguma articulação, em qualquer esfera de governo, seja municipal – em uma referência a gestão em Campina Grande -, seja federal – em referência ao Planalto, ele vai divulgar e vai tomar as medidas necessárias. Segundo Coutinho, na política do quanto pior melhor, a oposição teria coragem, se pudesse, de, até mesmo, pedir para que as comportas do Rio São Francisco fossem fechadas e as bombas desligadas.

“Se eles pudessem, nesse momento, fechar as comportas e desligar as bombas do Rio São Francisco eles fariam, achando que isso me atingiria. Mas iria atingir o povo. E digo que estou de olho nessas coisas. Efetivamente ninguém ache que vai fazer articulação em qualquer esfera de governo que eu saiba e que eu não vou dizer. É claro que vou dizer, exatamente em função da proteção aos interesses da população. É isso que nos interessa, é olhar para frente, respeitando adversários e respeitando aqueles que a gente tenha convergência”, disse.

O governador ressalta que hoje conseguiu mudar a lógica da política, com investimentos, obras, com o dever de sempre começar coisas novas. “O momento é de tocar obra, de tocar investimento, é momento de tocar o Estado e mostrar que é possível fazer uma política diferente. Aqueles que achavam, porque sempre viam isso, nos últimos 18 meses de governo todo mundo estava arrumando as malas, eu estou mostrando que a lógica é diferente, a lógica é cada vez mais começar coisas novas. A Paraíba não para e não pode parar”, arrematou. 

Do PB Agora

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.