Header Ads

Teste de DNA mostra que mulher que pediu exumação de Dalí não é sua filha

Testes mostraram que pintor surrealista não é pai de mulher espanhola que alegou na justiça ser filha do artista

Após exumação, testes mostraram que Salvador Dalí não é pai de mulher espanhola (Foto: O Dia)
A vidente espanhola Pilar Abel, que em 20 de julho fez co que o pintor surrealista Salvador Dalí fosse exumado como parte de um processo de paternidade, não é a sua filha, indicou a Fundação Gala-Salvador Dalí nesta quarta-feira.

Em um evento muito midiatizado, o gênio do surrealismo foi exumado 28 anos depois de sua morte do túmulo no qual jaz no Teatro-Museu de Figueras, cidade catalã onde tanto ele como a autora da ação nasceram.

Os peritos extraíram de seu corpo embalsamado pelos, unhas e dois longos ossos para comparar o seu DNA com o de Pilar Abel, mulher de 61 anos que dizia ser filha de Dalí com uma empregada que supostamente manteve uma breve relação com ele.

Caso a filiação tivesse sido confirmada, teria direito à quarta parte do patrimônio de Dalí, pertencente em sua totalidade ao Estado espanhol.

No entanto, "depois de analisar as amostras biológicas de Pilar Abel Martínez e as obtidas na exumação dos restos mortais de Salvador Dalí, (...) os resultados permitem excluir Salvador Dalí como pai biológico de María Pilar Abel Martínez", indicou a Fundação, citando informações transmitidas a seus advogados pelo tribunal madrilenho responsável pelo caso.

"O resultado não é nenhuma surpresa para a Fundação, posto que em nenhum momento houve indício algum da veracidade de uma suposta paternidade", acrescentou a instituição.

Pilar Abel e seu advogado, Enrique Blánquez, disseram em entrevista à AFP que até o momento não receberam nenhuma informação da Justiça. "Estou esperando que chegue a notificação", declarou o magistrado.

A Fundação Gala-Salvador Dalí criticou em todo momento a decisão judicial de exumar o corpo do pintor e apresentou um recurso que não foi aceito.

A instituição insistiu que toda a demanda se baseava apenas na declaração perante notório de uma mulher que assegurava conhecer a suposta relação encoberta entre o artista e a mãe da vidente.

A Fundação recordou em seu comunicado que reserva a possibilidade de pedir à demandante que cubra os custos da exumação, e apontou que "logo os restos mortais serão restituídos".

De O Dia

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.