Header Ads

Tite convoca Diego, Arthur e Tardelli para jogos do Brasil nas Eliminatórias

Meio campo rubro-negro foi convocado nesta manhã pelo técnico Tite

Tite, treinador da Seleção Brasileira (Foto: O Dia)
O técnico Tite anunciou nesta sexta-feira a lista de convocados para os dois últimos jogos da seleção brasileira pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, diante de Bolívia e Chile, em outubro, com várias novidades na sua relação de 24 nomes, casos do lateral Danilo, do Manchester City, do zagueiro Jemerson, do Monaco, dos volantes Fred, do Shakhtar Donetsk, e Arthur, do Grêmio, e do meia flamenguista Diego.

A convocação de Danilo para a lateral direita representa uma mudança de Tite em relação ao reserva imediato de Daniel Alves, pois anteriormente essa vaga vinha sendo ocupada pelo corintiano Fagner. Agora, porém, o treinador demonstra que está reavaliando essa opção.

A outra novidade da lista de convocados do sistema defensivo é o zagueiro Jemerson, do Monaco. Mas ele já havia sido lembrado anteriormente por Tite, inclusive para o recente duelo contra a Colômbia, após o titular Miranda ser cortado depois de sofrer um choque na cabeça no duelo com o Equador. Agora ele ficou com a vaga que foi do são-paulino Rodrigo Caio na sua convocação anterior.

Já as surpresas da convocação para o meio-de-campo são o volante Fred e mais dois jogadores que vem se destacando no futebol brasileiro. É o caso do volante Arthur, de 21 anos, e também do meia Diego, que em outras oportunidades tinha sido lembrado por Tite, ao contrário da revelação do Grêmio. E quem ficou de fora da lista foi Giuliano, que recentemente foi contratado pelo Fenerbahçe, e o gremista Luan.

Tite também resolveu apostar em Diego Tardelli, que vem se destacando pelo Shandong Luneng, com 11 gols marcados em 13 jogos no Campeonato Chinês, tendo se recuperado recentemente de uma lesão. O atacante ficou com a vaga que na lista anterior foi de Taison.

Mas, como era esperado, Tite manteve a base que levou a equipe a obter a vaga na próxima Copa do Mundo e está invicta sob o seu comando nas Eliminatórias, ainda que o número de novidades dessa lista de convocados tenha sido bem maior em comparação com as anteriores. Além disso, ao invés dos 23 nomes usuais, o treinador chamou 24.

Assim, o técnico dessa vez não apresentou novidades na relação de goleiros convocados, chamando o corintiano Cássio pela segunda vez consecutiva, ao lado do titular Alisson, da Roma, e de Ederson, do Manchester City, considerado o reserva imediato.

Após obter a classificação diante do Paraguai, a seleção vem encarando as Eliminatórias como uma prévia da Copa do Mundo, com Tite trabalhando para consolidar o time e encontrar alternativas, como foi visto nos recentes duelos contra Equador e Colômbia, tanto que o treinador até escalou uma equipe com algumas novidades em Barranquilla.

A seleção brasileira soma 37 pontos nas Eliminatórias, com o primeiro lugar do classificatório da América do Sul já assegurado. A equipe vai enfrentar a Bolívia em 5 de outubro, em La Paz, e depois duelará no dia 10 com o Chile, no Allianz Parque, em São Paulo, quando a CBF pretende fazer uma grande festa.

Para esses duelos, a seleção vai se preparar inicialmente em Teresópolis (RJ), na Granja Comary, antes de seguir para a Bolívia, onde vai para Santa Cruz de la Sierra. Já a ida para La Paz só ocorrerá no dia do jogo. Após o retorno ao País, os treinos ocorrerão em São Paulo, na Academia do Futebol, o CT do Palmeiras, embora a programação completa de atividades ainda não tenha sido detalhada pela CBF.

De O Dia

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.