Header Ads

Bancada de senadores da Paraíba mantém Aécio no Senado

Cássio disse que a revogação das medidas cautelares do STF não implica em impunidade

Cássio, Maranhão e Lira votaram pela manutenção de Aécio no Senado (Foto: Da Net)
A bancada da Paraíba no Senado, composta por Cássio Cunha Lima, José Maranhão e Raimundo Lira, votou pelo não afastamento do senador mineiro Aécio Neves e a revogação das medidas cautelares impostas pelo Supremo Tribunal Federal ao tucano.

José Maranhão foi o único que não fez uso da palavra. Raimundo Lira, líder do governo, usou para explicar que não houve articulação do PMDB para que a votação ocorresse de maneira secreta.

Cássio disse que a revogação das medidas cautelares do STF não implica em impunidade, uma vez que o processo seguirá no Senado.

“A votação hoje é muito além do caso do senador Aécio, a situação dele terá seguimento no STF, qualquer que seja o resultado. Algumas pessoas imaginam que ele foi julgado hoje em definitivo. Ele continuará sua jurisdição na Suprema Corte. Não há que se falar em impunidade. Isso até é um desrespeito à Suprema Corte. Os ministros do STF vão, a partir dos autos do processo, se isso virar um processo, porque estamos na fase de inquérito, absolver ou condená-lo, de acordo com as provas que tiver nos autos desse processo”, comentou.

Do Wscom

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.