Header Ads

Efraim Filho diz que Reforma da Previdência não contará com seu voto

Ainda aliado de Temer, o líder do Democratas frisou que não está disposto a aprovar o texto da forma como ele está

Efraim Filho (Foto: Da Net)
Sem obstruções na pauta de votações da Câmara Federal, a Reforma da Previdência retornou ao debate entre os parlamentares nos últimos dias e vem sendo motivo de pressão do Governo Temer, que quer aprovar o projeto o quanto antes. Contudo, se depender dos deputados, será necessário enxugar o texto e focar em aspectos mais essenciais, conforme defendeu o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM).

O líder do Democratas, o paraibano Efraim Filho, por exemplo, frisou que não está disposto a aprovar o texto da forma como ele está. “Minha posição é contrária à Reforma. O texto não está bom, precisa ser melhorado”, avaliou o democrata. Dentro da bancada ainda não há consenso e o paraibano destacou que “cada um tem sua convicção e está formando posição”. Por conta disso, ele admitiu que “não dá para falar pela bancada”.

Efraim não quis comentar se há possibilidade de mudança na posição com futuras alterações no texto original. “Não vou trabalhar por hipótese, por enquanto, com o texto que está, não tem o meu voto”, garantiu. Por conta do impasse entre a proposta do governo e os pontos que são rejeitados pelos parlamentares, o deputado disse não acreditar na perspectiva de aprovação a curto prazo.

Do Blog do Gordinho

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.