Header Ads

Escola onde segurança foi morto em assalto fechará: “Insegurança”

O anúncio foi feito aos pais por meio de um comunicado oficial

Fábio Alves de Lima (Foto: Da Net)
A Escola Viva Vida, local onde trabalhava o segurança Fábio Alves de Lima, morto durante uma tentativa de assalto em setembro, decidiu encerrar as atividades neste ano.

O anúncio foi feito aos pais por meio de um comunicado oficial, o qual cita o caso envolvendo o funcionário e culpa  a falta de segurança na região, como fatores que influenciaram para decisão da instituição de ensino.

Segundo a direção, as matriculas dos alunos que já estudam não serão renovadas para o período letivo de 2018, nem novas vagas serão abertas. As atividades da escola serão encerradas no dia 20 de dezembro deste ano.

A reportagem do Portal MaisPB tentou entrar em contato com a direção da escola, mas uma funcionária afirmou que a instituição “só devia justificativa aos pais e funcionários”.

Wallison Bezerra – MaisPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.