Header Ads

Advogado da policial militar "barrada" em sala de aula diz que professora da UEPB foi quem errou

Fabiano Lima revelou que espera investigação séria por parte da Universidade

Fabiano Lima (Foto: Portal Mídia)
O advogado Fabiano Lima, que representa a policial militar e estudante do Curso de Direito Jéssica Ataíde (supostamente barrada em sala de aula no Campus da UEPB em Guarabira), falou sobre o episódio envolvendo sua cliente e uma professora da Universidade Estadual da Paraíba. Ele foi entrevistado da TV Portal Mídia. 

De acordo com a versão advogado, quem errou foi a professora ao determinar que a SD Jéssica saísse da sala porque estava fardada e armada. “Nós queremos acreditar que a UEPB vá fazer uma investigação séria,(…) e quem errou não foi a aluna/soldado, mas sim a professora, determinando que ela saísse da sala e de forma obediente ela saiu", revelou.

Veja entrevista com advogado


Do Portal Mídia com Fato a Fato

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.