Header Ads

ALUNA MILITAR "BARRADA" EM SALA DE AULA! Bolsonaro sugere processo contra UEPB

De acordo com o parlamentar, a faculdade não deveria ter tomado a atitude que tomou contra uma mulher que defende a sociedade da violência

Presidenciável Jair Bolsonaro (Foto: Da Net)
O pré-candidato a presidente da República, Jair Bolsonaro, entrou na polêmica da policial militar que foi impedida de fazer prova na UEPB de Guarabira por esta fardada e armada. Em entrevista à Rádio Rural, o deputado federal sugeriu que ela processe a instituição de ensino por danos morais.

WhatsApp de Fato a Fato 083 9365-1823

“Eu espero que essa policial militar entre na Justiça. Meta um processo em cima dessa faculdade e peça uma grana preta com danos morais. Eu acho que qualquer uma estudante que chegasse lá com os peitos de fora, com os cabelos embaixo do braço falando sou feminista, meu corpo minhas regras, se chegasse um cara com um cigarrão de maconha não teria problema nenhum”, declarou.

De acordo com o parlamentar, a faculdade não deveria ter tomado a atitude que tomou contra uma mulher que defende a sociedade da violência.

“A direção da faculdade toma uma decisão como essa, pelo amor de Deus. Como está o nosso ensino no Brasil. No ensino superior, isso é repugnante conversar sobre isso aí. Dá nojo até em tocar nesse assunto. Discriminar uma mulher fardada. Se ela estivesse fazendo um faxina em uma empresa do município ou do Estado, ela seria impedida também. É uma discriminação com a policial”, alegou.

Por Roberto Targino – MaisPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.