Header Ads

Ataque suicida deixa 50 mortos na Nigéria, diz polícia

Explosão em mesquita aconteceu em região com forte presença dos terroristas do Boko Haram

Exército monitora área atacada (Foto: G1)
Um ataque suicida nesta terça-feira (21) deixou 50 mortos em uma mesquita na cidade de Mubi, no nordeste da Nigéria, segundo autoridades locais.

Ahmed Musa, chefe do conselho municipal, afirmou que dezenas de pessoas ficaram feridas por causa do ataque a bomba.

"No momento, temos pelo menos 50 mortos e vários feridos após um ataque suicida na terça-feira contra uma mesquita de Mubi durante a oração matutina", declarou à AFP o porta-voz da polícia do estado de Adamawa, Othman Abubakar.

Abukabar acrescentou que o autor do ataque tinha cerca de 17 anos, segundo a CNN.
Presença terrorista

O estado de Adamawa, onde se localiza Mubi, teve parte de seu território tomado pela milícia radical Boko Haram em 2014. Apesar de terem sido expulsos por tropas do governo no ano seguinte, os insurgentes têm realizado ataques terroristas frequentes na região.

O atentado guarda semelhanças com diversas ações do Boko Haram, que costuma agir com homens-bomba em locais públicos de grande movimentação, como mesquitas e mercados.

O grupo terrorista promove uma insurgência no nordeste da Nigéria, bem como a regiões próximas de outros países, desde 2009, como forma de estabelecer um estado islâmico fundamentalista na região. Desde então, as ações do Boko Haram mataram mais de 20 mil pessoas e forçaram mais de 2 milhões a deixarem suas casas.

Do G1

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.