Header Ads

Chapa de Eurico Miranda é eleita no Vasco, mas decisão vai para Justiça

As duas chapas comemoraram ao fim da apuração. Atual mandatário venceu contando todas as urnas, mas uma está sub judice. Sem ela, Julio Brant ficou com mais votos

Eurico Miranda (Foto: Da Net)
Em uma eleição que terá desdobramentos na Justiça, a chapa de Eurico Miranda ('Reconstruindo o Vasco') foi eleita para manter o atual presidente mais três anos à frente do clube. Assim que terminou a apuração do pleito, já na madrugada desta quarta-feira, os gritos de vitória das duas chapas que terminaram concorrendo foram ecoados no ginásio. Isso porque o atual mandatário venceu contando os votos de todas as urnas, só que uma delas será analisada pela Justiça - já foi levada por policiais militares -, e sem ela Julio Brant, da 'Sempre Vasco Livre', teve mais votos.

Contando todas as urnas, a chapa de Eurico teve 2.111 votos, enquanto Brant teve 1.975, Horta 434 e 14 votos foram nulos/brancos. Sem a urna separada, Brant fica com 1.935, Eurico com 1.683, Horta com 421, dois anulados e três brancos. Apesar de a oposição prometer que confia na Justiça para impugnar os votos da urna suspeita, Eurico está confiante que o resultado da eleição será mantido.

- Que tentem (impugnar), podem tentar à vontade. Não sei nem o que vão impugnar. Baseado em quê?O resultado está lá na urna, os votos estão lá, eu não tenho que me defender de nada. Eles é que têm que procurar algumas coisa, Perderam a eleição - disse Eurico Miranda.

Na urna separada, a maior parte parte dos votos foi para Eurico Miranda: 428 para o Eurico, 42 para Brant e 4 votos para Horta. Por isso, Brant acredita que a Justiça vai mudar o resultado.

- Não assinamos o documento que dá a validade dos votos. Coloram os votos em separado, contrariando a decisão da juíza. Vamos esperar com muita tranquilidade. Não vamos hoje ao plantão judicial, vamos aguardar a juíza. É uma decisão fácil de tomar. Quase 100% dos votos da urna separada foram a um candidato. Esse mês deve sair a decisão final - disse Brant.

A eleição do Vasco é indireta. A chapa eleita nesta terça nas urnas tem o direito de indicar 120 nomes para o Conselho Deliberativo (Code). O segundo colocado indica 30 nomes. Estes 150 novos conselheiros, os eleitos, irão se juntar a outros 150 natos, totalizando 300. Em janeiro, em data ainda a ser definida, o Code se unirá na sede náutica do Vasco, na Lagoa, para votar na Diretoria Administrativa 2018/2020.

Do LanceNet

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.