Header Ads

Contraprova do exame de Guerrero tem doping confirmado

Fifa nega recurso para suspender pena preventiva imposta ao jogador e marca julgamento para o dia 30

Guerrero (Foto: O Dia)
Paolo Guerrero perdeu a primeira batalha na luta contra a punição por doping. A Fifa negou o pedido da defesa do jogador para interromper a suspensão preventiva de 30 dias, o que o impede de atuar pelo Flamengo e pela seleção peruana. A contraprova do exame de Guerrero foi confirmada ontem como positiva para o uso da substância benzoilecgonina, um metabólito da cocaína.

O exame foi feito após o jogo entre Argentina e Peru, em Buenos Aires, no dia 5 de outubro, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo. O primeiro julgamento do caso foi marcado para o dia 30, em Zurique, na Suíça. Caso seja considerado culpado, a pena pode chegar a quatro anos de suspensão. A sessão deverá ser fechada, mas o jogador pretende ir ao tribunal. A defesa escrita será entregue à Fifa no dia 26.

Os advogados argumentam que a substância detectada no antidoping é proveniente da folha de coca utilizada em um chá consumido em vários países da América do Sul. E levantam a possibilidade de uma contaminação cruzada com folhas de coca em um outro tipo de chá antigripal ingerido pelo jogador antes do duelo com a Argentina.

De O Dia

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.