Header Ads

Enivaldo vê dificuldade, mas admite chance de aliança entre PP e PSB

Presidente do PP também comentou defesa de tucano por união de todas as lideranças do estado: “Seria bom para a Paraíba”

Vice-prefeito de CG (Foto: Da Net)
“Em política nada é impossível”: a frase já tantas vezes repetida pelo senador José Maranhão (PMDB) volta à cena esta semana na boca de outro decano da política paraibana, o presidente do PP na Paraíba, Enivaldo Ribeiro. Alinhado atualmente ao grupo das oposições, Enivaldo disse em entrevista ao Blog do Gordinho que não descarta aliança com qualquer partido, nem mesmo o PSB do governador Ricardo Coutinho, a quem sua filha, a deputada Daniella Ribeiro (PP), faz oposição na Assembleia Legislativa da Paraíba.

Presidente do Livres descarta união pró-pleito e diz que cenário ideal é o de “maior concorrência possível”

O vice-prefeito de Campina Grande ressalta que, pessoalmente, teria dificuldades com essa possível aliança, mas que, como presidente do partido, não pode colocar suas inclinações pessoais à frente das decisões do grupo.

“Eu sou presidente, então tenho que ouvir a todos. Em política nada é impossível. Pode haver muita dificuldade. Para mim seria uma coisa difícil fazer qualquer composição com o governador, mas o partido não sou eu, são outras pessoas. Além do mais, nós estamos sintonizados com os partidos de oposição, então fica muito complicado isso daí”, disse.

Enivaldo lembrou que a primeira visita de Ricardo Coutinho à Campina Grande durante pré-campanha ao governo ocorreu por incentivo de Daniella Ribeiro: “A primeira visita que ele fez à Campina foi trazido por Daniella e por mim e almoçou aqui na minha casa. Você tem que manter relações, manter amizades e ele tem essa dificuldade”, criticou.

Enivaldo também comentou a sugestão do tucano Marcos Vinícius de unir todas as lideranças do estado em um único projeto político eleitoral. Embora considere impossível, ele vê a proposta com bons olhos: “Quando você vê Cássio com Maranhão, pronto, não precisa dizer mais nada. Maranhão tirou o mandato de Cássio e hoje estão conversando. Se acontecesse isso seria bom para a Paraíba. Ter um só candidato, fazer uma campanha bacana, de resultados, mas acho que é impossível por conta dos interesses pessoais”, comentou.

Do Blog do Gordinho

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.