Header Ads

Exame destaca defesa de Pedro Cunha Lima pela redução da máquina pública

Tucano acha orçamento da Câmara muito inflado

Pedro Cunha Lima (Foto: Da Net)
A defesa que o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) faz da reforma da máquina pública com o corte de privilégios de políticos, foi tema de uma entrevista publicada no site Revista Exame neste sábado (11). Sob o título “Cunha Lima: diminuir máquina é a maior prioridade”, o tucano afirma que qualquer empresário cortaria em pelo menos 20% o orçamento da Câmara, que chega a R$ 5 bilhões por ano, sem nenhum prejuízo ao trabalho realizado.

“Semana após semana se fala que o Brasil quebrou e ninguém discute o custo da máquina pública. Porque temos o segundo Parlamento mais caro do mundo? Porque a Casa Branca tem 300 funcionários e na presidência do Brasil são quase 20.000? Parece que esse assunto é sempre deixado para depois, primeiro fazemos o mais custoso para depois pensar nisso. Mas, para mim, é um tema óbvio para quem tem um mínimo de responsabilidade política: é preciso ser debater esse tema e mostrá-lo para a população”, declarou.

Pedro é defensor da redução do custo da máquina pública e aplica isso na prática. Ele fez um corte de 40% no seu gabinete e renunciou o reajuste da verba de gabinete, além de abrir mão de auxílio moradia e carro oficial. O deputado apresentou projetos polêmicos como o que limita o uso de cargos oficias e o que reduz cargos na estrutura da Câmara.

O parlamentar ainda fala na matéria sobre a crise dentro do PSDB e o fato de ter vindo de uma família tradicional dentro da política. 

Da redação do Wscom

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.