Header Ads

Libertad marca gol no início e abre vantagem na semi da Sul-Americana

Duelo da volta entre Libertad e Independiente acontece na próxima terça-feira

Cardozo foi quem marcou o gol (Foto: Da Net)
Com um gol relâmpago, o Libertad derrotou o Independiente no primeiro jogo da semifinal da Copa Sul-Americana. O gol saiu através de Óscar Cardozo. Agora, o time paraguaio joga por um empate para chegar à decisão. Já os argentinos precisam vencer por dois gols. Caso vença pelo mesmo placar, o duelo será decidido nos pênaltis.

O duelo da volta entre Libertad e Independiente acontece na próxima terça-feira, às 22h15 (horário de Brasília), em Avellaneda.

O confronto

O jogo mal tinha começado e o Libertad já estava em vantagem. Com apenas 30 segundos, a defesa do Independiente cochilou e viu Cardozo receber lançamento e encher o pé para vencer o goleiro, 1 a 0.

O time argentino sentiu o gol sofrido e por muito pouco não levou o segundo. Em nova cochilada da zaga, o juiz deu recuo de bola de Gastón Silva para Campaña. Na cobrança, Salcedo encheu o pé e a bola pegou na barreira. No rebote, o atacante mandou por cima do gol.

O Independiente pouco chegava ao ataque, mas na primeira troca de passes que o time de Ariel Holan acertou o empate não veio por um triz. Sánchez Niño avançou pela direita e mandou para a grande área. A bola pegou no defensor e o goleiro Muñoz salvou com a ponta dos dedos.

Segundo Tempo

Na etapa final o Independiente voltou com uma postura mais ofensiva. Nos primeiros 15 minutos, o time argentino criou duas oportunidades claras, mas pecou na finalização.

Aos 6 minutos, Gáston Silva fez jogada individual e cruzou para Barco, que sozinho, furou o chute e perdeu o gol. Na sequência, Sánchez Miño recebeu cruzamento, dominou no peito e mandou uma bicicleta. A bola tirou tinta da trave de Muñoz.

Na casa dos 28 minutos, quando o Independiente mais pressionava o Libertad teve um jogador expulso. O artilheiro Óscar Cardozo trocou tapas com Alan Franco e levou o cartão vermelho.

Melhor em campo e com um a mais, o Rey de Copas continuava em cima e desperdiçou nova chance. Desta vez, Leonardo Fernández recebeu cruzamento, conseguiu limpar a marcação e na cara do goleiro Muñoz mandou a bola na arquibancada.

Nos minutos finais a última chance do Independiente. Após descida pela direita, Alan Franco cruzou na cabeça de Sánchez Niño. O jogador cabeceou firme e Muñoz praticou um milagre.

FICHA TÉCNICA

LIBERTAD 1 x 0 INDEPENDIENTE
Local: Defensores Del Chaco, Assunção (PAR)
Data-Hora: 21/11/2017 – 22h15
Árbitro: Victor Carrillho (PER)
Público/renda: Não Divulgado pagantes/R$ Não Divulgado
Cartões amarelos: Óscar Cardozo (LIB) Barco, Leandro Fernández, Martín Benítez(IND)
Cartões vermelhos: Óscar Cardozo (LIB)
Gols: Óscar Cardozo (01’/1ºT)

LIBERTAD: Muñoz; Luis Cardozo, Alcaraz, Paulo da Silva e Candía; Sergio Aquino, Bareiro (Alan Benítez, aos 37/2ºT), Media e Ángel Cardozo; Salcedo (Recalde, aos 31/2ºT) e Óscar Cardozo. Técnico: Fernando Jubero.
INDEPENDIENTE: Campaña; Bustos (Martín Benítez, aos 12/2ºT), Alan Franco, Tagliafico e Gastón Silva; Diego Rodríguez, Domingo, Meza, Barco e Sánchez Miño; Gigliotti (Leandro Fernández, aos 21/2º). Técnico: Ariel Holan.

Do Wscom

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.