Header Ads

Operação da PF na PB investiga desvio de R$ 9 milhões em recursos do SUS

Estão sendo cumpridos oito mandados de busca e apreensão e seis mandados de condução coercitiva na região do município de Sumé


Polícia Federal (Foto: Da Net)
A Polícia Federal (PF), em ação conjunta com o Ministério Público Federal (MPF) e a Controladoria-Geral da União (CGU), deflagrou na manhã desta terça-feira (7) a Operação Titânio, com o objetivo de apurar irregularidades na contratação e execução de serviços de implantes dentários, do programa Brasil Sorridente, custeado com recursos do Sistema Único de Saúde (SUS).

Curta essa e outras notícias no Twitter de Fato a Fato

Os valores envolvidos na execução do programa e objeto de investigação superam o montante de R$ 9 milhões. Estão sendo cumpridos oito mandados de busca e apreensão e seis mandados de condução coercitiva na região do município de Sumé, todos expedidos pela 11ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Monteiro.

Participam da operação policial 35 Policiais Federais e 6 Auditores da CGU e a investigação tramita sob segredo de justiça.

As investigações do esquema estão sob segredo de justiça. Por isso, a Polícia Federal não agendou coletiva de imprensa para apresentar os resultados da operação. A divulgação dos dados só acontecerá se o sigilo for afastado. 

Do Portal Correio

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.