Header Ads

Paraíba gera saldo positivo no emprego formal pelo quinto mês consecutivo

O setor sucroalcooleiro foi o principal responsável pelo saldo positivo

Cresce emprego de carteira assinada na PB (Foto: Da Net)
Em ano de retomada de crescimento, a Paraíba alcançou cinco meses consecutivos de saldo positivo de empregos com carteira assinada. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nessa segunda-feira (20) pelo Ministério do Trabalho, mostram que em outubro a Paraíba registrou 9.227 admissões contra 8.313 desligamentos, gerando um saldo de 914 postos.

O setor sucroalcooleiro foi o principal responsável pelo saldo positivo, que abrangem a indústria de transformação, que gerou 434 postos, e o da agropecuária, com 306 empregos com carteira assinada. Completam ainda os três setores que tiveram os maiores saldos o de serviços, com 188 postos de saldo.

Paraíba no grupo especial – A Paraíba está entre em um grupo especial das nove unidades de federação do total das 27 que geraram por cinco meses consecutivos saldo positivo do emprego formal este ano. Os saldos em junho (238), julho (809), agosto (3.511), setembro (1.975) e outubro (914) mostram, mesmo em ano ainda lento de retomada do emprego formal em nível nacional, mais consistência de algumas unidades da federação como é o caso da Paraíba. A região Nordeste concentra mais estados nesse aspecto.

Cenário Regional – Pelo segundo mês consecutivo, o Nordeste voltou a liderar a criação de vagas no mês de outubro, assim como em setembro. Cerca de 50% dos empregos do país em outubro (37.801 vagas das 76.599 do país) vieram de oito Estados da Região. Apenas a Bahia (-37 vagas) registrou saldo negativo, enquanto Alagoas e Pernambuco lideraram o saldo. Bem mais modesta, a segunda região com saldo mais positivo foi a Região Sul com 21.444 vagas, seguida da Sudeste (13.552) e Norte (4.210). A única região que registrou saldo negativo foi o Centro Oeste (-408 postos). O país no mês de outubro registrou saldo de 76.599 postos com carteira assinada. Entre as 27 unidades federativas, 23 tiveram saldo positivo.

Do ParlamentoPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.