Header Ads

HR de GBA rebate críticas de vereadores sobre construção de caixas de água

Leonardo Macena e Tiago do Mutirão queriam que, ao invés das caixas, o Governo investisse em novos leitos

Hospital Regional de GBA (Foto: Da Net)
A direção-geral do Hospital Regional de Guarabira rebateu, de forma veemente, os vereadores Leonardo Macena (PPS) e Tiago Justino (Tiago do Mutirão - PSDB) os quais, da tribuna da Câmara Municipal, criticaram a construção de caixas de água e o fato de um paciente ter falecido "por falta de atendimento adequado" naquela unidade hospitalar.

Os parlamentares, integrantes da bancada zenobista, também acharam alto o valor das obras, orçado em torno de R$ 200.000,00 (duzentos mil reais). Leonardo e Tiago disseram-se surpresos com o montante que está sendo gasto com as caixas de água e disseram que melhor seria o Governo do Estado ter investido em mais leitos hospitalares.

Cleonaldo Freire (Foto: Da Net)
O diretor-geral do HR de Guarabira, enfermeiro Cleonaldo Freire, ao ler a matéria publicada no site Fato a Fato, disse: "O discurso dos vereadores está repleto de fatos invertidos. Quando se referem ao falecimento do paciente, o fazem sem propriedade, por que nenhum deles estava lá, por isso desconhecem as causas verdadeiras".

- Quando ao sistema de água enterrado e a caixa d'água, a oposição pode falar o que quiser, mas sem água é impossível ter qualquer tipo de tratamento em saúde. Imagine se uma caixa de água (como a existente no HRG) com mais de 40 anos viesse a desabar, aí sim vocês iriam ver o aconteceria. Mas a oposição está no seu papel, mesmo com críticas que não concordamos", assinalou Cleonaldo.

Obra - O Governo do Estado tem em andamento, no Hospital Regional de Guarabira, as obras de três caixas d'água. Uma elevada, com capacidade para 14 mil litros e outras duas subterrâneas, essas últimas armazenarão 36 mil litros do precioso líquido. Os investimentos, conforme a direção daquela unidade hospitalar, são da ordem de R$ 200.000,00 (duzentos mil reais).

Veja fotos das caixas de água




Da Redação/Fato a Fato

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.