Header Ads

PMDB fecha questão e pode punir quem votar contra reforma da Previdência

As punições variam de multas à expulsão do partido

Baleia Rossi e Temer (Foto: Da Net)
A executiva nacional do PMDB decidiu nesta quarta-feira (6) fechar questão a favor da reforma da Previdência, segundo postagens em redes sociais. Parlamentares da sigla que votarem contra a proposta poderão ser punidos. O fechamento de questão é uma decisão que pode ser tomada pela cúpula dos partidos com a finalidade de “forçar” seus membros a seguirem determinada orientação. As punições variam de multas à expulsão do partido.

Na terça-feira (5), o líder do PMDB na Câmara, deputado Baleia Rossi (SP), informou que a maioria da bancada se posicionou a favor da reforma. Em seguida, ele encaminhou a sugestão de fechamento de questão à executiva nacional do partido. A base aliada cobrava que o PMDB "desse exemplo" e fechasse questão sobre a Reforma da Previdência para que outros partidos aliados fizessem o mesmo. Somente o PTB havia anunciado posição semelhante.

Nos últimos dias, o governo intensificou as articulações com deputados para tentar aprovar a reforma. Enquanto membros da base contam votos das bancadas, Temer tem feito encontros com parlamentares para falar sobre o projeto. Até o momento, aliados avaliam que o governo não tem os 308 votos necessários para aprovar a proposta. 

Do Brasil 247

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.