Header Ads

Presidente da Assemp denuncia despromoção de oficias na PM por perseguição política

Em nota, a entidade lamenta que os policiais sejam tratados como se estivessem numa senzala

Zoraide Gouveia (Foto: Da Net)
A presidente da Assemp (Associação das Esposas e Pensionistas de PMs), Zoraide Gouveia, denunciando a iminente despromoção de oficiais da Polícia Militar por perseguição política. Em nota, a entidade lamenta que os policiais sejam tratados como se estivessem numa senzala, e apenas os simpatizantes do Governo do Estado teriam acesso à “Casa Grande”.

Diz Zoraide: “Essas atitudes, como outras que vem acontecendo no nosso Estado da Paraíba, principalmente com o Militar Estadual, seja PM ou BM, se tornou comum na atual gestão governamental, que vem através dos seus representantes perseguindo impiedosamente àqueles que ousam contrariá-lo ou ter pensamentos diferentes aos seus.”

CONFIRA A ÍNTEGRA DA NOTA…

“MUDANÇA NA SENZALA

Tomamos conhecimento sobre Ato de DESPROMOÇÕES de alguns Oficiais Superiores que conseguiram através da Justiça suas pretéritas e merecidas promoções, que faziam e fazem jus, onde “in loco”, comunicamos verbalmente a quem representa esses Oficiais, que é o Coronel Francisco, Presidente do COPM/BM da Paraíba, que não mede esforços para apoiar seus Oficiais, sejam sócios ou não, já que , como sempre frisamos representamos única e exclusivamente as Esposas, Mães e Pensionistas de PMs e BMs deste Estado da Paraíba, porém, quando se trata de direito dos nossos maridos e filhos vamos estar a frente e em busca desses direitos que também são nossos.

Essas atitudes, como outras que vem acontecendo no nosso Estado da Paraíba, principalmente com o Militar Estadual, seja PM ou BM, se tornou comum na atual gestão governamental, que vem através dos seus representantes perseguindo impiedosamente àqueles que ousam contrariá-lo ou ter pensamentos diferentes aos seus. Isso começou na “SENZALA”, com as praças, atingindo hoje a “CASA GRANDE”, que são os Oficiais, principalmente com aqueles que têm afeição, demonstram ou lutam pela libertação de uma categoria o que mostra a todos que não se iludam com “afagos” ou falsa demonstração de “gratidão” , “reconhecimento” ou “respeito”.

O Atual Governo da Paraíba emitiu Medidas Provisórias, hoje lei, que prejudicaram os Servidores Públicos concursados do Estado, principalmente os que fazem a Segurança Pública. Medidas essas que essas foram APROVADAS pelos que fazem a “Bancada do Governo” e não do povo que os elegeram, onde mudaram todo panorama do que antes existia, pois havia na Polícia Militar e no Bombeiro Militar uma proporcionalidade legal entre as vagas promocionais a serem preenchidas por ANTIGUIDADE e por MERECIMENTO e hoje o que se vê são as vagas ao último posto serem preenchidas pelo QI (Quem Indica) e são todas por “MERECIMENTO”, merecimento esse dado quem mais para agradar ao seu “senhor”, como bem ilustrou em redes sociais a DD. Senhora Ex-Primeira Dama da Paraíba, a quem apoiamos em sua luta, como mulher e mãe, lhe devotando irrestrito respeito e admiração por sua coragem e altivez, quando mostrou a toda Paraíba de que forma é feita a promoção de Oficiais no nosso Estado.

Voltando ao assunto das despromoções a ASSEMP declara ser veemente contra essa possível atitude do Governo da Paraíba, onde espera que isso não passe de um “boato” ou “desinformação, e aproveita para solicitar do atual Governo que cumpra suas promessas de campanha, principalmente as Decisões Judiciais já prolatadas em todas as instâncias, pois Leis são para serem cumpridas por todos!

Nós da ASSEMP, que também fazemos parte da FRENTE SOS SEGURANÇA, lutamos na busca por direitos e igualdades para todos na esperança que os troncos e as correntes que hoje cerceiam a liberdade dos nossos maridos e filhos, sejam definitivamente banidos do nosso Estado e que a Justiça Paraibana cobre e faça cumprir suas decisões!”

Do Blog de Helder Moura com Fato a Fato

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.