Header Ads

Na estreia pelo Nordestão, o Botafogo-PB derrota o Bahia por 1 a 0

Como Náutico e Altos-PI empataram em 1 a 1, o resultado coloca o Belo na liderança do Grupo C do torneio

Jogador do Belo comemora vitória (Foto: Correio)
Um jogo com dois tempos bem distintos, mas com o cenário que o Botafogo-PB sonhava. Jogando fora de casa, na Arena Fonte Nova, em Salvador, o Time da Maravilha do Contorno venceu por 1 a 0 na noite desta quinta-feira (18), em uma partida que contou com um gol de Allan Dias, estreante na Copa do Nordeste e uma brilhante atuação do goleiro Edson, que evitou o empate com o Bahia.

Como Náutico e Altos-PI empataram em 1 a 1, o resultado coloca o Belo na liderança do Grupo C do torneio.

O próximo desafio do Botafogo-PB pela competição regional está marcado para o dia 7 de fevereiro, às 19h, diante do Náutico-PE, no Almeidão. O detalhe é que este jogo pode se transformar em uma polêmica, já que no mesmo dia acontece em João Pessoa, o desfile do bloco Muriçocas do Miramar e em anos anteriores, a Polícia Militar declarou que não teria condições de garantir efetivo para os dois eventos. Antes, no domingo (21), o Belo recebe o Treze pelo Campeonato Paraibano.

Já o Bahia visitará o Altos-PI no dia 30 de janeiro, às 21h45, em Teresina. Pelo Campeonato Baiano, a estreia do Tricolor será na cidade de Feira de Santana, contra o xará Bahia de Feira, no estádio Joia da Princesa, às 16h do próximo domingo (21).

Primeiro tempo botafoguense

O Alvinegro da Estrela Vermelha começou pressionado. Logo no primeiro lance, o zagueiro Lula vacilou e entregou a bola para Zé Rafael. Porém, na hora do cruzamento, a arbitragem já sinalizada o impedimento. Um minuto depois, Fábio Alves consegue encontrar Dico bem posicionado na entrada da grande área. Na hora do toque para Nando, que passava pela esquerda, o atacante desafinou e a bola foi para fora.

Não demorou muito para o Botafogo-PB mostrar que estava destinado a montar uma verdadeira ‘blitz’ diante da defesa do Bahia e aos cinco minutos, o time paraibano abriu o placar. Lucas Fonseca tentou afastar a bola da área do Bahia, mas acabou errando e Allan Dias aproveitou a oportunidade para chutar forte, balançando as redes na Arena Fonte Nova.

A reação do Tricolor de Aço poderia ter vindo aos 12 minutos, mas Edson fez bonito e evitou o empate. Edigar Junio foi derrubado por Humberto e o árbitro marcou pênalti. Ele mesmo cobra, mas o goleiro do Belo saiu bem para a defesa.

No finalzinho do primeiro tempo, o domínio se inverteu e foi a vez dos donos da casa pressionarem para que o resultado

Segundo tempo tricolor

A superioridade do Bahia nos 45 minutos finais do duelo começou aos dez. Edson arma o contra-ataque com Zé Rafael e Régis avança para dentro da área. Fábio Alves corta, mas a bola quase engana o goleiro Edson. Aos 16, Edigar Junio dribla Gladstone e chuta, mandando a bola bem perto da trave do Botafogo.

O goleiro Edson também estava em uma noite inspirada. Dois minutos depois do lance anterior, ele foi responsável por uma grande defesa, após uma bola que saiu dos pés de Élber, evitando o empate. Novamente foi a vez do defensor brilhar, aos 37 minutos. Vinícius não espera e arrisca o chute, mas Edson novamente salta e faz uma belíssima defesa.

Do Correio da Paraíba

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.