Header Ads

Policial é suspeito de participação em morte de casal na BR-230

O PM está afastado das funções junto a corporação

Casal foi assassinado (Foto: Tv Correio)
O crime aconteceu na tarde do último domingo. As investigações ainda estão no início, mas a delegacia responsável pelo caso já aponta que um policial militar será alvo das investigações sob a suspeita de ter participado do crime que culminou na morte de um casal no Sertão paraibano. O PM está afastado das funções junto a corporação.

De acordo com a Polícia Civil de Patos, as vítimas Taísa Kelly Lopes de Moraes, de 27 anos, e Guilherme Alves do Nascimento Júnior, de 52, trafegavam pela BR-230 entre as cidades de Santa Luzia e São Mamede quando teriam sido baleados. Os peritos destacam ainda que mesmo após o veículo ter perdido o controle e despencado na ribanceira, as vítimas foram atingidas por novos disparos na região da cabeça e do peito. Devido a gravidade dos ferimentos, as vítimas morrem ainda no local.

O policial apontado pelas investigações iniciais como suspeito do crime é ex-companheiro da jovem Taísa Kelly. De acordo com os agentes, o fato de existir uma medida protetiva que obrigava o policial militar a manter distância da vítima leva a crer que foi um crime passional. O policial ainda será ouvido.


Do PB Agora

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.