Header Ads

Romero admite “crise” na união e se vê como possível “elo” das oposições

Romero chegou a afirmar que Maranhão teria disposição de apoiá-lo

Romero Rodrigues (Foto: Da Net)
O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB) admitiu, nesta terça-feira (9) que houve, na última semana, um “agravamento na crise” que dificulta ainda mais a busca por unidade no campo opositor, devido aos novos atritos entre o senador José Maranhão (MDB) e o prefeito Luciano Cartaxo (PSD).

Após recente encontro com Maranhão e elogios em demasia proferidos pelo senador a sua pessoa, Romero disse que está disposto a ser o “elo” entre os pré-candidatos, que poderiam se unir em torno da sua candidatura ao Governo do Estado.

Em entrevista à Correio Fm, Romero chegou a afirmar que Maranhão teria disposição de apoiá-lo, se isso significasse uma união de todos os partidos.

“Ele me disse que a porta não estava fechada para essa possibilidade, e que gostaria de continuar ajudando na união das oposições”, afirmou.

Da Redação do Wscom

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.