Header Ads

Subtenente da PM mata a mulher a tiros na Paraíba e depois foge

Ela teria sido atingida por três tiros. O acusado está foragido

Vítima levou 3 tiros (Foto: Wscom)
Um subtenente da Policia Militar matou a esposa com três tiros na região do tórax, na manhã desta quinta-feira (25), na cidade de Itaporanga, que fica a 422 quilômetros de João Pessoa, no Sertão do estado.

De acordo com a polícia, o subtenente atuava na Rádio Patrulha do município e na manhã desta quinta-feira (25) teria discutido com a esposa, identificada como Jaqueline Fabrícia Araújo Paulo, e efetuado disparos contra ela. As informações são do major Douglas.

“Houve um problema na residência dele, e ninguém sabe se foi acidental ou se ele atirou. Nós fomos surpreendidos com essa notícia que ele atirou e em seguida fugiu. Chegamos e nos deparamos com ela no chão. Acreditamos que tenha sido de dois a três disparos”, relatou o major.

A esposa do subtenente foi conduzida ao Hospital Regional de Itaporanga, e em seguida transferida para o Hospital de Trauma de Campina Grande, mas não resistiu e morreu no trajeto.

Já tinha histórico

Ainda segundo o major, o subtenente já havia respondido criminalmente por agressão contra uma ex-esposa, sendo enquadrado na Lei Maria da Penha. Além disso, familiares da vítima confirmaram que o casal enfrentava conflitos pessoais. Porém, de acordo com o major Douglas, o suspeito não apresentava sinais de que passava por problemas. “Dentro de suas funções era um camarada tranquilo”, revelou.

A Polícia Militar segue em diligências para encontrar o suspeito. “Ele deve ter entrado em contato com o advogado para se apresentar entre e hoje e amanhã, mas estamos fazendo buscas para capturá-lo”, finalizou o major Douglas.

Do Portal Correio com Fato a Fato

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.