Header Ads

Câmara de Bayeux rejeita pedido de cassação de prefeito interino Luiz Antônio

Para ser cassado, Luiz Antônio precisaria ter recebido ao menos 12 votos

Luiz Antonio (Foto: Da Net)
Por 8 votos a 7, em votação na Câmara Municipal de Bayeux, prefeito interino, Luiz Antônio, conseguiu permanecer no cargo.

Luiz Antônio era acusado de usar a máquina pública em benefício próprio. Ele foi flagrado orientando funcionários a atacarem o deputado federal André Amaral (PMDB).

Para ser cassado, Luiz Antônio precisaria ter recebido ao menos 12 votos.

Esse processo será arquivado, mas ainda existe contra o gestor outro processo sobre um vídeo no qual o político foi filmado pedindo R$ 100 mil a um empreserário para divulgar um suposto vídeo contra o prefeito afastado de Bayeux Berg Lima.

Luiz Antônio assumiu a Prefeitura de Bayeux após o prefeito Berg Lima (sem partido) ser preso e afastado do cargo no dia 5 de julho de 2017. Ele foi flagrado em vídeo recebendo suposta propina de um fornecedor da prefeitura.Berg foi solto em novembro, por força de um habeas corpus.

Do PB Agora

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.