Header Ads

Grupo suspeito de atacar banco em shopping de CG é preso

A Polícia também apreendeu um carro, uma moto, e alguns aparelhos celulares

Banco após a explosão (Foto: MaisPB)
As Polícias Civil, Militar e Federal realizam na manhã desta quarta-feira (7) a Operação Aurora para combate a atuação de quadrilhas que explodiram agências bancárias e atacaram comércios em Campina Grande. Dois homens foram presos e outros foram conduzidos para a Central de Polícia para prestar esclarecimentos.

A dupla é suspeita de ter relação com o assalto que aconteceu na agência bancária de um dos principais shoppings em Campina Grande, no mês de janeiro. A Polícia também apreendeu um carro, uma moto, e alguns aparelhos celulares.

De acordo com informações do major Samaroni, essa é a primeira etapa da Operação, que ainda está andamento. O major ainda afirma que as próximas fases não devem demorar a acontecer. Segundo ele, já existem suspeitos que estão sendo investigados para o segundo momento da Operação.

Ao todo, foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão preventiva. Cerca de cerca de 100 policiais.

Os presos foram encaminhados inicialmente à Delegacia da Polícia Federal e, em seguida, à Central de Polícia Civil em Campina Grande.

Do MaisPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.