Header Ads

Prefeito de Bananeiras entra na mira do MP por improbidade administrativa

Na ação, ainda há a suspeita de que os gestores teriam concedido expressiva quantidade de auxílios financeiros a pessoas que não são carentes

Douglas Lucena (Foto: Da Net)
A maré de azar do prefeito da cidade de Bananeiras, Douglas Lucena (PSB) e seu vice, Augusto Carlos, do DEM, continua, agora por conta de suspeitas de improbidade administrativa.

Essa semana  a promotora de Justiça, Ana Maria Pordeus Gadelha, representante do Ministério Público da Paraíba (MPPB) na comarca de Bananeiras, ajuizou a Ação, com pedido liminar, contra os gestores pela realização de despesas supostamente irregulares de mais de R$ 429,6 mil, que teriam causado prejuízos ao município.

De acordo com a representante do MPPB, que pede a perda dos mandatos do prefeito e do vice, a decretação da inelegibilidade por oito anos e de forma liminar e o bloqueio de bens, o prefeito teria fabricado inúmeros documentos públicos, inclusive empenhos de valores sem lastro orçamentário, pareceres sociais confeccionados de forma fictícia em finais de semana, subscritos por Assistente Social sem vínculo empregatício com o município.

Na ação, ainda há a suspeita de que os gestores teriam concedido expressiva quantidade de auxílios financeiros a pessoas que não são carentes.

A cidade de Bananeiras passa por maus lençóis

Do Blog do Ninja

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.