Header Ads

Ricardo cita condições para disputar Senado e diz: "Não prometi que não sairia"

"Não prometi que não sairia, ou sairia, seria uma idiotice da minha parte", disse sobre a possibilidade de se desincompatibilizar do Governo

Ricardo Coutinho (Foto: Da Net)
O governador Ricardo Coutinho (PSB) admitiu, nesta quinta-feira (1º), que sairia do Governo para disputar o senado caso conseguisse a certeza de que o seu projeto de governo estivesse seguro. Nas palavras de Ricardo, à Pop Fm, “só sairia tendo a certeza, a noção exata que o governo continuaria”.

“Não fiz nenhuma promessa que sairia ou não. O mais importante não é fazer a política da pessoa Ricardo, não prometi que não sairia, ou sairia, seria uma idiotice da minha parte. Analiso todos os passos”, comentou.

Provocado sobre as condições ideais para se desincompatibilizar do Governo para disputar o senador, Ricardo citou o respeito as conquistas de sua gestão.

“As condições seriam que eu sentisse que o governador, em nove meses, respeitasse a nossa conquista em relação a governo, a obras e progresso”, disse.

 Mesmo admitindo a possibilidade, Coutinho pontuou que a sua prioridade não é sair do cargo. Ele citou a preocupação para que o Estado continue nos trilhos e não caia em 'mãos erradas'.

“A minha prioridade é fazer de tudo para garantir o futuro deste Estado. Se esse Estado volta para mãos indevidas, volta para uma época em que não se via o dinheiro, você via escândalo. Minha prioridade é essa, se precisar ficar para garantir isso, ficarei. A minha preocupação não é sair para ser senador, é olhar para a Paraíba e fazer de tudo para ter um governo realizador”, destacou.

Da Redação do Wscom

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.