Header Ads

Bispo dom Aldemiro muda Colégio de Consultores da Diocese de Guarabira

O Colégio de Consultores exerce funções de natureza jurídica e exclusiva

Dom Aldemiro Sena (Foto: Da Net)
Na manhã desta quinta-feira (29/03), durante a celebração da Missa dos Santos Óleos, chamada a celebração da unidade e da renovação das promessas sacerdotais, o bispo de Guarabira, dom Aldemiro Sena dos Santos, anunciou mudanças na composição do Colégio de Consultores, o mais importante na estrutura administrativa da Diocese. Por exemplo, foram os consultores que tocaram a gestão eclesiástica na vacância entre a transição de dom Marcelo e dom Muniz e, mais recentemente, no intervalo entre dom Lucena e dom Aldemiro.

Pelo decreto episcopal, o colegiado está mais jovem, com 50% de renovação. Os padres Joanderson (Bananeiras), Heriberto (Caiçara) e Arimateia (Remígio) são as novidades.

A composição ficou assim definida:

Mons. José Nicodemos Rodrigues de Sousa
Revmo. Pe. Heriberto Gomes da Costa
Revmo. Pe. Joanderson Marinho de Lira
Revmo. Pe. João Bosco Francisco do Nascimento
Revmo. Pe. José André da Silva Anselmo
Revmo. Pe. José Arimateia Vieira de Lima

O Colégio de Consultores é um organismo diocesano de existência obrigatória. O Colégio de Consultores exerce funções de natureza jurídica e exclusiva, mas é um órgão ordinariamente consultivo, exceto nos casos expressamente previstos pelo Direito, como no caso da eleição do Administrador Diocesano. O Colégio de Consultores, de acordo com o Código de Direito Canônico, ao contrário do Conselho Presbiteral, nunca deixa de existir na Igreja Particular, assumindo função decisiva nos casos de sede impedida ou vacante ou na dissolução do Conselho Presbiteral, o que significa que os Consultores não cessam no seu cargo durante o impedimento ou vacância da Sé diocesana.

Por Rafael San com Fato a Fato

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.