Header Ads

EM AREIA! Prefeito anuncia licença e depois desiste ao saber que vice abriria escolas fechadas

Gestor é acusado de fechar escolas e permitir que aulas sejam ministradas sob lonas no município de Areia

Prefeito e vice-prefeita (Foto: PB Agora)
O prefeito de Areia, João Francisco (PSDB) comunicou através de oficio à Câmara Municipal que se licenciaria do cargo neste mês de março, em homenagem ao mês das mulheres, tendo em vista que a vice é uma mulher, e daria oportunidade para ela comandar a gestão. O comunicado foi protocolado pela mesa diretora no dia 06 de março, após repercussão negativa, até a nível nacional do fechamento de 11 escolas na zona rural de Areia, Brejo Paraibano.

Tentando esfriar o assunto e fugir dos questionamentos sobre o fechamento das escolas e também sobre aulas ministradas sob lonas na escola Maria Emília Maracajá, o gestor quis tirar licença, mas deu marcha a ré quando a vice-prefeita Dona Marília, comunicou que seu primeiro ato como prefeita seria reabrir a escola e seu segundo ato seria demitir a secretária de Educação.

Imediatamente, o prefeito João Francisco participou de uma emissora local negando sua licença e reafirmando que ficaria até o fim do mandato, esquecendo até da justa homenagem às mulheres que o próprio citou no oficio. Ou seja, descumpriu a própria palavra dita e escrita, como mostra o documento abaixo. A posse da vice-prefeita Dona Marília já estava marcada para está segunda-feira (12), na Câmara Municipal. O ato provocou revolta na vice- prefeita que desabafou nas suas redes socais.

Confira:

Tenho o dever de comunicar aos amigos o constrangimento de tornar - se público um convite do Sr.  Prefeito em afastar - se do cargo por apenas  quatro dias e eu assumir por esse curto espaço de tempo.

Seriam quatro dias mas com efeito de quatro anos . Então conversei com o presidente  da Câmara  pra  que levasse ao conhecimento de todos três medidas que urgência  :

A abertura da escola Emília  Maracaja

O transporte dos estudantes pra faculdades  em Campina

A exoneração da Sra.  Secretaria de Educação 

São medidas de urgência pra que a educação volte a seguir sem terrorismo. O medo dos pais em colocar os filhos em locais que dependam de transportes,  no inverno  tudo se transforma em lamas.

Com muito orgulho dos pais os filhos ingressam nas faculdades,  mas tem que ter o incentivo  e a ajuda da prefeitura !  Negar é vergonhoso! 

Motivo suficiente pra que a senhora secretaria interferisse junto com o prefeito a apoiar nossos estudantes. O senhor João Francisco não pensou nas consequências desse convite ,  não tenho obrigação  de achar que tudo está maravilhoso ,  seu direito de desfazer seu próprio ato não  me atinge,  foi de livre e espontânea  vontade,  mas apenas te fiz ver que sua administração  até hoje não  diz pra que veio!!!

Até 2020  Se DEUS quiser.

Veja comunicado e documentos




Do PB Agora

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.