Header Ads

Empreender: MPPB investiga Ricardo e Lígia por abuso de poder político e econômico

O inquérito foi assinado no dia 28 de março e distribuído para a Comissão de Combate aos Crimes de Responsabilidade

Ricardo e Lígia Feliciano (Foto: Da Net)
O governador Ricardo Coutinho (PSB), a vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) e mais cinco secretários e ex-secretários, serão invesrigados em um Inquérito Civil instaurado pelo Subprocurador-geral de Justiça da Paraíba, Alcides Orlando de Moura Jansen. Eles estão sendo acusados de cometerem crime de abuso de poder político e econômico. Entre as irregularidades apontadas, está a liberação de recursos do Empreender, informa reportagem do Portal Correio.


O inquérito foi assinado no dia 28 de março e distribuído para a Comissão de Combate aos Crimes de Responsabilidade e à Improbidade Administrativa na quarta-feira (04). Contra eles, de acordo com a peça processual, pesam as denúncias de:

“Realização de audiência pública, promovida pela Secretaria de Estado da Cultura, para fins de promoção política; distribuição de kits escolares na rede pública estadual de ensino, em período vedado pela legislação eleitoral; uso de servidores públicos em campanha eleitoral, bem como prática de nomeação, contratação e exoneração de servidores públicos com fins políticos; e liberação de recursos do Programa Empreender sem a observância dos critérios exigidos e total carência de fiscalização”.

Na lista de investigados, além de Ricardo Coutinho e Lígia, também estão Waldson de Souza, Renato Feliciano, Márcia Lucena, Chico César e Antônio Albino de Morais Filho.

Do Paraíba Rádio Blog

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.