Header Ads

E A INTERVENÇÃO FEDERAL? Cabo da Polícia Militar é morto na Via Dutra, no Rio

Rafael José Pereira trafegava na via quando seu carro foi atingido por pedras. Ao parar para verificar o que estava acontecendo, os bandidos atiraram. Ele morreu no local

Cabo foi morto a tiros (Foto: Da Net)
Um cabo da Polícia Militar foi morto por criminosos na Rodovia Presidente Dutra, em Nova Iguaçu, km 176,7 da BR 116, sentido São Paulo, por volta das 5h30 deste sábado. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a morte foi confirmada por uma médica da companhia que administra a via. 

Segundo a PM, Rafael José Pereira, de 34 anos, trafegava na via quando teve o veículo atingido por pedras. Ao parar para verificar o que estava acontecendo, foi atingido pelos disparos dos bandidos e morreu no local. Os criminosos levaram a arma e os documentos do policial. A perícia da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) foi acionada.

Uma outra versão também está sendo analisada pelos policiais, segundo a "Globo News". O crime aconteceu em frente a uma boate que fica às margens da Via Dutra. Rafael e um amigo estariam no local e teriam se envolvido em uma briga.

O policial foi atingido por três tiros — nas costas, no rosto e um de raspão na orelha. Segundo peritos, o cabo pode ter tentado correr e, por isso, foi atingido nas costas.  

O cunhado de Rafael lamentou a morte do policial. "Ele era um homem de bem, pai de família. Sempre quis ser policial, mas a gente sabe que não é a melhor profissão a se seguir. Ele sabia dos riscos e era alertado por todos nós, mas tinha que trabalhar para sustentar os filhos".

Rafael José Pereira era lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Jacarezinho, estava na corporação desde 2009 e deixa duas filhas. Ainda não há informações sobre o local e data do sepultamento.

De O Dia

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.