Header Ads

Interventor assume FPF e Amadeu Rodrigues é efetivamente afastado

Foi o próprio interventor que notificou o presidente Amadeu Rodrigues sobre o seu afastamento

Sede da FPF em João Pessoa (Foto: Da Net)
O interventor da Federação Paraibana de Futebol assumiu oficialmente o comando da entidade, que sofre interferência administrativa pela segunda vez na tarde desta quinta-feira (17). O advogado Flavio Boson Gambogi chegou acompanhado de um grupo de pessoas que estarão junto com ele durante este período.

Foi ele mesmo quem notificou oficialmente o afastamento do presidente Amadeu Rodrigues, que foi o responsável por recebê-lo em João Pessoa, acompanhado do diretor executivo Eduardo Araújo e do advogado Hilton Souto Maior.

No grupo, que ficará na FPF por um período inicial de 30 dias, estão Rômulo Fernandes (especialista em finanças), Ricardo Almeida (arbitragem), Ricardo Bretas (governança), além da jornalista Fernanda Coimbra.

O interventor indicado para assumir a FPF já visitou a instituição no início da tarde desta quinta-feira. Porém, muito discreto, o mineiro, que pertence a 5ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), não quis se pronunciar. Isso porque, segundo a sua assessoria de imprensa, ele pediu um tempo para analisar a atual situação da federação em meio as investigações sobre esquemas de corrupção no futebol do estado.

Flávio Boson Gambogi chegou a sede da FPF acompanhado de sua comitiva. Foi o próprio interventor que notificou o presidente Amadeu Rodrigues sobre o seu afastamento.

Nascido em Belo Horizonte, Flávio Boson é bacharel em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais. Ao longo de sua trajetória, foi auditor efetivo do Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol em Minas Gerais (TJDF-MG). Atualmente, estava na Procuradoria da 5ª Comissão Disciplinar do STJD. Contudo, para vir assumir a FPF, precisou entrar de licença, conforme anunciado no comunicado do Conselho de Ética da CBF.

Na última sexta-feira, o Conselho de Ética da CBF emitiu um comunicado que afastava o presidente da FPF, Amadeu Rodrigues. No entanto, a nota só foi divulgada no domingo.

Redação do PB Agora

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.