Header Ads

Com gols de Lindoso e Igor Rabello, Botafogo derrota o Atlético-PR no Nilton Santos

Glorioso conseguiu resultado positivo antes de paralisação para a Copa

Não foi uma atuação de gala, mas o Botafogo, enfim, voltou a vencer no Nilton Santos. Após dois tropeços em casa, o time fez 2 a 0 no Atlético-PR e terá paz durante a paralisação do Campeonato Brasileiro para a Copa do Mundo. Rodrigo Lindoso e Renan Lodi (contra) fizeram os gols do Alvinegro, que pulou para a décima posição na tabela.

Jogadores comemoram vitória (Foto: O Dia)
Surpreendentemente, o Atlético-PR começou melhor diante de um Botafogo desfalcado e tímido. Sem Carli, Jean, Yuri e Marcos Vinícius, lesionados, a equipe, que ainda não teve João Pedro, em função de o jogador ter vínculo com o time paranaense, demorou a engrenar.

Quando o fez, porém, foi letal: aos 32 minutos, Kieza chutou à queima roupa e Santos defendeu. Na sequência, Lindoso chutou e a bola bateu no braço de José Ivaldo na área. Pênalti que o capitão cobrou, aos 33, e fez 1 a 0 para levar o Botafogo em vantagem para o vestiário.

O segundo tempo começou como o primeiro. O Atlético-PR mais ofensivo e o Botafogo bem postado. Até que, aos 26, o Alvinegro acordou, novamente de forma decisiva: Leo Valencia bateu escanteio, Yago desviou e Igor Rabello, de cabeça, disputou a bola com Renan Lodi, que fez contra.

Com 2 a 0 no placar, o Botafogo dominou as ações e se fartou de perder gols. Kieza, aos 33, chutou rente à trave, Lindoso, aos 39, isolou ao finalizar na pequena área, e Ezequiel, aos 42, parou em Santos. Valeu pela disposição. Vitória da reabilitação.

De O Dia

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.