Header Ads

ELEIÇÕES 2018: RC defende estratégia para manter PSB e PDT juntos

Ricardo Coutinho ainda ressaltou que a conjuntura atual é diferente da de anos atrás

Ricardo Coutinho (Foto: Da Net)
Quando o assunto é a sucessão presidencial, o governador Ricardo Coutinho tem uma defesa pronta - manter os partidos do campo democrático e os de esquerda em um mesmo palanque e isso inclui o PDT, que tem Ciro Gomes como presidenciável apto para a disputa eleitoral que se aproxima.

Segundo o governador, a estratégia seria que as forças não apenas de esquerda, mas democráticas como um todo possam se unir na formação de uma grande frente democrática.

“Uma preferencial na minha concepção, e eu tenho dito isso, era que as forças não apenas de esquerdas, mas de um campo democrático, forças partidárias ou não, segmentos da sociedade e intelectuais pudessem se unir para formar uma ampla frente democrática”, declarou.

Ricardo ainda ressaltou que a conjuntura atual é diferente da de anos atrás e a importância de que as conquistas democráticas sejam preservadas, já tendo externado o seu pensamento ao ex-presidente Lula e a Ciro Gomes para que haja um esforço de unir os partidos.

"A ausência da democracia é a ausência da convivência, da cidadania, é a substituição do Estado pela barbárie, e nós estamos vendo isso, e é preciso as forças consequentes agirem para evitar esse caos que se encontra instalado em nosso país, que é o caos da segregação, do ódio acumulado. É preciso que se tenha consciência dessa união e que se perceba que a conjuntura de hoje é diferente de 89 de 2002, 2010, 2014, ou seja,  o que se tem hoje é uma dificuldade enorme de preservar as conquistas democráticas e as de cidadanias em função desse processo que quebrou o país”, pontuou.

Do PB Agora

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.