Header Ads

São Paulo quebra tabu contra o Atlético-PR e chega à vice-liderança

Com gol de Nenê em cobrança de pênalti, Tricolor vence pela primeira vez na Arena da Baixada. Furacão segue na zona de rebaixamento do Brasileirão

Jogadores comemoram vitória (Foto: Da Net)
O São Paulo, enfim, conseguiu uma vitória na Arena da Baixada. Neste sábado, pela 11ª rodada do Brasileirão, o Tricolor ganhou do Atlético-PR por 1 a 0 e chegou à vice-liderança do campeonato, com 20 pontos. O gol da partida foi marcado por Nenê, em cobrança de pênalti, aos 15 minutos do segundo tempo.

Até então, o retrospecto entre as equipes no estádio inaugurado em 1999 era de 13 vitórias do Atlético-PR e cinco empates. Além disso, o último triunfo do Tricolor sobre o Furacão como visitante havia sido em 1982 - e no Couto Pereira, estádio do Coritiba. Adeus, tabus!

Já o Atlético-PR vê a pressão ficar ainda maior sobre o técnico Fernando Diniz, que ouviu pedidos de "pede para sair" e "time sem vergonha" da torcida. O Furacão tem apenas nove pontos e segue na zona de rebaixamento.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 0 X 1 SÃO PAULO

Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Data-Hora: 9/6/2018 - 16h
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa/RS)
Auxiliares: Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)
Público/renda: 9.323 presentes/R$ 228.490,00
Cartões amarelos: Raphael Veiga, Camacho e Bergson (APR), Hudson, Jucilei e Nenê (SAO)
Cartões vermelhos: -
Gols: Nenê (15'/2ºT) (0-1)

ATLÉTICO-PR: Santos; Wanderson (Guilherme, aos 18'/2ºT), Bruno Guimarães e Thiago Heleno; Marcinho, Lucho González (Pavez, aos 31'/2ºT), Camacho, Raphael Veiga e Carleto; Bergson e Pablo (Bill, aos 30'/2ºT). Técnico: Fernando Diniz.

SÃO PAULO: Sidão; Militão, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Hudson, Jucilei e Araruna (Petros, aos 30'/2ºT); Nenê (Lucas Fernandes, aos 35'/2ºT), Everton e Diego Souza (Tréllez, aos 40'/2ºT). Técnico: Diego Aguirre.

De O Dia

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.