Header Ads

RC acusa oposição de rifar Lira e trabalhar só para tentar salvar Cássio

A fala foi dada durante visita a obras de calçamento de ruas no bairro Alto do Mateus, em João Pessoa

Ricardo volta a "bater" em Cássio (Foto: Da Net)
O governador Ricardo Coutinho (PSB) resolveu centrar fogo no pré-candidato a reeleição no Senado, Cássio Cunha Lima (PSDB). Apesar de não ter falado o nome, ele destacou que o senador Lira (PSD) desistiu por ter sido rifado na chapa que ele escolheu participar para tentar salvar a reeleição de Cássio. A fala foi dada durante visita a obras de calçamento de ruas no bairro Alto do Mateus, em João Pessoa.

Ricardo elogiou Lira e destacou que o aliado escolheu erroneamente o PSD e acabou sendo tirado da chapa e explicou o motivo:

"O senador Lira, por todos os contatos que tive, sempre procurou ajudar o estado, nunca estivemos distantes, nem quando erroneamente ele escolheu um partido [PSD] e eu disse que não me parecia uma alternativa boa para ele. Arriscou, escolheu um lado através desse partido e é óbvio que seria derrubado. Qualquer analista político diria isso", disse. 

"A oposição funciona para tentar salvar uma pessoa. A oposição não funciona para salvar um projeto, ou para ganhar o governo do estado, só funciona para tentar salvar uma pessoa e essa pessoa tem manipulado, até então com vitórias, todos estes que estão ao seu redor se dizendo aliados". 

O governador emendou e disse que essa pessoa nem aparece ao lado do "companheiro de chapa" e reafirmou que o jogo é esse.

"Veja se essa pessoa aparece junto ao pré-candidato Lucélio Cartaxo (PV)? Observe. Não chega nem perto. Só vai chegar agora porque eu falei e vai usar isso para dizer que eu estou errado. Ao rifar Lira, ele queria um companheiro de chapa extremamente frágil e conseguiu. Ao apoiar Lucélio, ele queria se livrar de outro concorrente para o senado. Conseguiu. Ou seja, é um interesse pessoal de tentar se salvar”, disse Coutinho.

Do PB Agora

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.